Destaques

terça-feira, maio 14, 2013

Felipão leva Bernard e deixa de fora Kaká e Ronaldinho Gaúcho

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook


Divulgada a lista de Felipão para a Copa das Confederações, está aberta a temporada de cornetas, caixirolas e vuvuzelas. A grande polêmica deverá ser a ausência de Kaká e, principalmente, Ronaldinho Gaúcho, maestro do arrasador Atlético-MG. Felipão parece ter preferido a energia e mobilidade de Oscar na articulação central da Seleção. Com Lucas e Neymar, dá um belo ataque, setor onde alguém poderá sentir falta de Alexandre Pato e ter pequena surpresa com a justa convocação de Bernard.

Vai a lista:

GOLEIROS
Julio Cesar - QPR/ING
Jefferson - Botafogo
Diego Cavalieri - Fluminense

LATERAIS
Daniel Alves - Barcelona/ESP
Jean -Fluminense
Filipe Luis –Atlético de Madri/ESP
Marcelo – Real Madrid/ESP

ZAGUEIROS
Thiago Silva -PSG/FRA
Réver – Atlético-MG
David Luiz - Chelsea/ING
Dante - Bayern de Munique/ALE

MEIO-CAMPISTAS
Lucas – PSG/FR
Oscar – Chelsea/ING
Fernando – Grêmio
Hernanes – Lazio/ITA
Luiz Gustavo – Bayern de Munique/ALE
Jádson - São Paulo
Paulinho - Corinthians

ATACANTES
Neymar - Santos
Bernard – Atlético-MG
Leandro Damião – Internacional
Fred - Fluminense
Hulk - Zenit/RUS

2 comentários:

Edu Maretti disse...

Estranha essa convocação, principalmente considerando que é para a competição mais importante antes da Copa do Mundo. Por que Bernard, que nunca foi convocado? (ou foi?). Se é pelo desempenho do Galo atual, então a lógica seria R. Gaúcho, que já vinha sendo convocado e é o mastro do meio campo.

Hulk é tosco. Eu levaria Diego Tardelli, que está arrebentando no mesmo Atlético-MG e no entanto não vai.

Para goleiro, parece que vamos ter de aturar o mala do Julio Cesar mesmo, tão arrogante quanto frangueiro (não esqueçamos que ele e o brucutu do Felipe Melo, expulso por dar um coice, foram os responsáveis pela eliminação nas quartas de final em 2010. No lugar desse mala eu levaria o Rafael, do Santos, que, junto com Jefferson e Cavalieri poderiam ser muito bem o trio de arqueiros.

Nas laterais, não gosto de Daniel Alves, que (como já escrevi não lembro onde) seria o melhor lateral de todos os tempos se a sua arrogância fosse diretamente proporcional ao futebol... Marcelo na esquerda... hummm, é um jogador de lua, violento, meio destemperado, do tipo que pode ser o Felipe Melo de 2014. Mas reconheço quelateral é a posição mais difícil, não tem.

Só a zaga que me parece perfeita. Não precisaria mudar.

Anselmo disse...

Difícil acreditar no time.

Mas é positivo ter 11 atletas atuando em território nacional.