Destaques

quarta-feira, novembro 30, 2011

João Doria Junior: candidato à prefeitura de São Paulo pelo PSDB?

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

A quantidade de piadas, pilhérias e galhofas que se pode fazer com a possibilidade do empresário-apresentador e promotor de passeios de cachorros ser o candidato tucano nas eleições de 2012 são inúmeras. Mas, dada a falta de tempo, só resta uma consideração: as más línguas dizem que ele é a cara de São Paulo... Segue a notícia abaixo:


João Doria entra na disputa paulistana
Por Raphael Di Cunto | De São Paulo
Valor Econômico - 30/11/2011

Com quatro candidatos postos para a Prefeitura de São Paulo e um cotado, mas que não assume oficialmente, o PSDB poderá ganhar outro nome para a disputa: o empresário e apresentador de televisão João Doria Júnior. O tucano teve o nome inserido em uma pesquisa de intenção de voto contratada pelo partido e afirma que tem interesse em concorrer caso perceba ter "densidade eleitoral".

Segundo Doria, tanto o convite para se filiar quanto o para ter o nome colocado na pesquisa partiram do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), que ligou para ele para saber se haveria problema em acrescentá-lo na consulta. "Se o governador acha que tenho condições e se a pesquisa indicar uma boa popularidade, é uma alternativa que pode ser considerada", disse ao Valor.

Proprietário do Grupo Doria, jornalista e apresentador do "Aprendiz", na Rede Record, e do "Show Business", na Band, o empresário tem relação antiga com o PSDB. Foi secretário de Turismo de Mário Covas na Prefeitura de São Paulo em 1983 e se envolveu nas Diretas Já a pedido do ex-governador Franco Montoro, dois importantes líderes tucanos, mortos em 2001 e 1999, respectivamente.

Para Doria, ter densidade eleitoral significa obter um bom posicionamento na pesquisa entre os quatro pré-candidatos do PSDB que concorrem às prévias: os secretários estaduais José Aníbal (Energia), Andrea Matarazzo (Cultura) e Bruno Covas (Meio Ambiente) e o deputado federal Ricardo Tripoli.

O empresário afirma que não teria problema em disputar as prévias, que devem ocorrer em março - a inscrição pode ser feita até um mês antes da votação. "Se houver disposição do governador e da base do PSDB [para que eu saia candidato], me disponho a disputar pelos meios democráticos", disse.

A pesquisa também inclui o ex-governador José Serra, que diz que só quer concorrer à Presidência, em 2014. Serra é tido como o mais capaz de viabilizar uma aliança entre o PSDB e o prefeito Gilberto Kassab (PSD).

4 comentários:

Moriti disse...

Doria pra prefeito, Huck pra presidente, Angélica pra primeira-dama... É a a farra dos "apresentadores/bons moços/de direita".

Xõ, infestação!

Jair Ônico disse...

Será que Sílvio Santos também vem aí?

Maurício Ayer disse...

tive a não tão feliz oportunidade de encontrar esse tipo no festival de campos do jordão neste ano. ele é de plástico.

Moriti disse...

De plástico... Verdade. rs