Destaques

sábado, dezembro 14, 2013

Como Fernando Haddad enxerga a comunicação

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Abaixo, trechos da entrevista concedida pelo prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, a Cristiane Agostine, do jornal Valor Econômico, publicada no dia 12:

Para Haddad, comunicação e publicidade são iguais (Foto Henrique Boney)
Valor: O senhor enfrenta dificuldades para melhorar a aprovação da gestão até mesmo entre os mais carentes, que devem ser beneficiados com o Bilhete Único Mensal e as faixa de ônibus. A que atribui isso?

Fernando Haddad: Jornalista se preocupa muito com pesquisa. Governante tem um outro tempo. O meu tempo é de quadrianual. Peço menos ansiedade.

Valor: Mas as pesquisas mostram que suas ações não têm se refletido em apoio, nem entre os que estão sendo beneficiados...

Haddad: E as campanhas de desinformação que foram feitas? Tem gente em Guaianases [zona leste] achando que o IPTU vai aumentar 200%. É muita desinformação, sobretudo sobre temas polêmicos como o IPTU. Vi programas de rádio dizendo que o IPTU ia aumentar 200%, sendo que na periferia vai cair.

Valor: O senhor vai mudar a comunicação da prefeitura?

Haddad: Sou contra gastar rios de dinheiro com publicidade
[Grifo nosso]

Na pergunta direita feita a respeito da comunicação da prefeitura de São Paulo, a sucinta resposta do prefeito equipara comunicação à publicidade. Se Haddad realmente tem essa visão, explica-se em parte o porquê de sua popularidade estar no nível que está.

Seria bom se ele lesse a entrevista do coordenador de seu programa de governo, Aldo Fornazieri, à Rede Brasil Atual. Aqui. Talvez mude um pouco o seu ponto de vista.

5 comentários:

H.P. disse...

OU ELE MUDA OU A GLOBO "MUDA"(*) ELE!

"MUDA"(*) - Pro esgoto.

Ele segue o "mais do mesmo", que o PT está fazendo, com a comunicação direta com as massas, há mais de 10(dez) anos. Ou seja, ABSOLUTAMENTE NADA. NADA DE NADA. ZERO A ESQUERDA.
Motivo? Não se sabe, infelizmente não se sabe.
Várias hipóteses de multiplas escolhas.
Enem pergunta:
Qual o motivo do PT-Haddad ser tão propenso a absorver para sí e, claro, para toda a militância a pecha de salafrários, de corruptos, de mensaleiros, de canalhas e de todos os adjetivos pejorativos existentes, que a Globo enfia goela abaixo deles?
a) Inoperância;
b) Omissão;
c) Porque eles gostam da novela das oito;
d) Porque eles assistem o Jô(que não toma banho) e suas old's "meninas" iguais;
e) Medo de bicho e bicha papões;
f) Porque antes eles não eram assim e agora são;
g) Porque eles nasceram pra derrota, depois de ganhar;
h) Todas as anteriores;
i) Nenhuma das anteriores;
j) Lá sei eu.

Fernando Romano Menezes disse...

O PT não aprende. Sempre deixam a comunicação às traças. É a primeira batalha que deviam vencer.

Marcos Futepoca disse...

A resposta é auto-explicativa sobre como o PT se comunica muito bem e sabe perfeitamente lidar com a imprensa...

Fernando Romano Menezes disse...

Não no sentido PSDB de propaganda, né Marcão. Não adianta o PT só NÃO FALAR, tem que SABER, ONDE, COMO e QUANDO se comunicar. Principalmente direto pro povão.

Fernando Romano Menezes disse...

A propósito: http://www.redebrasilatual.com.br/politica/2013/12/nao-temos-estrategia-de-comunicacao-admite-haddad-5014.html