Destaques

quarta-feira, dezembro 02, 2009

Escolha o grupo da morte para a Argentina

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

A sorte quase está lançada. A Fifa anunciou hoje os cabeças-de-chave e os potes que farão parte do sorteio da Copa do Mundo de 2010. Os sete primeiros colocados no ranking da Fifa (entenda melhor como funciona o ranking aqui) no mês de outubro são os mandantes de grupo, mais a anfitriã África do Sul. Assim os quatro potes ficaram distribuídos dessa forma:

Pote 1 - cabeças-de-chave: Brasil, Espanha, Itália, Alemanha, Argentina, Inglaterra, Holanda, África do Sul (país-sede).
Pote 2 - (Ásia, Oceania e Concacaf): Austrália, Japão, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Honduras, México, Estados Unidos, Nova Zelândia.
Pote 3 - (África e América do Sul): Chile, Paraguai, Uruguai, Nigéria, Camarões, Costa do Marfim, Gana, Argélia.
Pote 4 - (Europa): Dinamarca, França, Grécia, Sérvia, Portugal, Eslovênia, Eslováquia, Suíça.

De cada pote sai um participante para formar cada um dos oito grupos da Copa. Nessa primeira fase, seleções do mesmo continente não podem ficar no mesmo grupo, à óbvia exceção dos europeus. O sorteio  será na sexta-feira, às 15h de Brasília.

Mas desde já podemos especular qual seria o grupo da morte para a Argentina, que teve a sorte de cair, nas últimas duas edições do Mundial, na chave mais difícil. Pra quem não lembra, em 2002, o grupo dos hermanos tinha Inglaterra, Suécia (as duas classificadas para as oitavas) e Nigéria. Já em 2006 os argentinos se saíram melhor e avançaram mesmo tendo caído no mesmo grupo de Holanda, Costa do Marfim e da decepcionante Sérvia e Montenegro.

Mas, nessa edição, qual seria um grupo da morte para os nosso vizinhos? No pote 2, apesar de ter passado dificuldades nas eliminatórias, o México é sempre um time de tradição e costuma complicar a vida dos vizinhos. Na última Copa, por exemplo, só foram eliminados pela Argentina na prorrogação. Ou será que um futebol mais veloz, como o da Coreia do Sul, seria pior para os portenhos?

Já no pote 3, eliminem-se os sulamericanos. A disputa seria com um dos africanos e aí temos seleções fortes como Camarões, vice da Copa Africana e que tem o astro Samuel Eto'o (foto). O time também traz boas lembranças aos amantes do futebol, que não se esquecem da participação da equipe em 1990, com a "arma secreta" Roger Milla. Já Costa do Marfim tem jogadores que brilham em grandes times europeus como Drogba e Kalou (Chelsea),  Kolo Touré e Eboué (Arsenal) e Yaya Touré (Barcelona). Não avançaram no grupo da morte em 2006, mas, mais experientes, podem ter destino melhor em 2010.

O pote 4 tem pelo menos duas seleções que fariam jogos fantásticos contra a Argentina. Portugal, de Cristiano Ronaldo, seleção que quase chegou lá em 2006, seria sem dúvida uma pedreira. E o embate teria um gostinho especial para os naturalizados Liédson, Deco e Pepe. Já a polêmica França, finalista em 2006, é um adversário pra lá de respeitável mesmo sem Zidane. E imaginem só se os deuses da bola fizessem com que a Argentina fosse desclassificada com um golzinho de mão dos companheiros franceses...

E aí, qual o seu grupo da morte ideal para a Argentina?

Em tempo 1: apesar da troça, torço por sulamericanos em Copa do Mundo. Até mesmo para a Argentina (nesse caso específico, não com tanto gosto...).

Em tempo 2: se esses times caírem com o Brasil e a seleção fizer parte do grupo da morte, não culpem esse escriba secador.

7 comentários:

Olavo Soares disse...

A inclusão da Holanda e a consequente não-inclusão da França como cabeça de chave é uma das maiores palhaçadas que já vi.

Anselmo disse...

A inclusão da Holanda e a consequente não-inclusão da França como cabeça de chave é uma das maiores palhaçadas que já vi. (2)

Eu tiraria ainda Espanha desse grupo.

Excluo portugal do grupo da morte da argentina, pq a seleção lusa vai ser um fiasco na copa.

Sugiro só retrancas:
Argentina
Estados Unidos
Paraguai
Grécia

Mas não to vendo como construir um grupo da morte verdadeiramente mortal.

Glauco disse...

Bom, o critério da Fifa foi os sete primeiros no ranking de outubro, quando todas as seleções europeias tinham o mesmo número de partidas. Daí a França ficou de fora, a Holanda é terceira no ranking.

Anselmo, o Paraguai não pode cair no mesmo grupo da Argentina porque dois países do mesmo continente não podem ficar no mesmo grupo (com exceção dos europeus). Você vai ter que arranjar outra retranca.

Anselmo disse...

Putz, viajei. é q do paraguai a seleção do maradona nao ganha.
então fica:
Argentina
Estados Unidos
Camarões
Grécia

André Augusto disse...

Sempre um critério para escolher cabeças de chave vai acabar causando polêmica. Se for pelo desempenho nas últimas Copas, A França poderia ser cabeça de chave e jogar a Argentina pro segundo escalão, por exemplo. Ou mesmo a Inglaterra. A França ficou duas Copas recentes de fora, além de capengar bastante nas Eliminatórias e na Eurocopa. Por isso, acho justa a inclusão da Holanda, que sempre está entre as cabeças, apesar de ser virgem de conquistas mundiais.

E o vento que venta lá, venta cá. Lógico que sempre torcemos pra Argentina se ferrar, mas por outro lado, o Brasil pode descer o sarrafo na França ainda na primeira fase e isso seria muito bacana.

Cristiano disse...

Muito legal esse blog em, agora quero
que conheçam esse clolne que achei, é bem legal.
http://clolne.com/copadomundo/
para escrever no clolne é só clicar em [Editar]

Pierre disse...

Anselmo,

gostei do seu grupo, mas eu tiraria Camarãoes, que é uma seleção que tem um toque de bola refinado, mas são (ainda)ingênuos em marcação, e trocaria pela Austrália, verdadeiros mestres na arte do pontapé e grosseria. Quem sabe não mandam um ou dois jogadores da argentina para o departamento médico?? :)