Destaques

terça-feira, setembro 07, 2010

O lado dos entorpecentes OU maconha é de esquerda, cocaína é de direita

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

A teoria do cartunista Angeli é simples. "Maconha é socializante, todo mundo fuma no mesmo baseado e dá risada depois. Cocaína, não. É de quem tem, e você se submete a esse poder pra cheirar uma fileirinha no cantinho do mármore do banheiro." Por isso, em entrevista à revista Trip de agosto, ele disse que "cocaína é de direita e maconha é de esquerda".

Autorretrato/Grafar

A fórmula foi empregada por ele para conseguir se livrar do vício mantido por 10 anos de inalação do pó sintetizado a partir de folhas de coca. Aparentemente funcionou, mas para alguém que considera – e demonstra isso em seu trabalho – seu ideário anarquista e punk, a década de "convívio" com o psicotrópico reacionário pode colocar a teoria em xeque.

Mês passado, o ator José de Abreu, em entrevista ao Futepoca, ofereceu a teoria de que "toda cachaça é de esquerda". Segundo ele, a chave para a compreensão está no fato de que a "relação da política com o prazer vem da esquerda".

Do ponto de vista do cartunista Angeli, a cervejinha consumida no boteco seria de esquerda. A caipirinha no churrasco, o vinho num jantar e a cachaça numa prosa, idem. Ao passo que o uísque tomado solitariamente em casa, estaria à direita. Pela análise de Zé de Abreu, seria preciso garantir prazer a qualquer desses processos para o vínculo se estabelecer.

Foto: Louise Joly/Wikipedia
O fato é que pensar nos entorpecentes com lado e posição no espectro político é curioso. Os opióides seriam de direita? A crítica de Karl Marx à religião, classificando-a de "ópio do povo" – numa das frases mais citadas e parafraseadas de sua bibliografia – por seu efeito analgésico, de euforia e posterior sonolência conferiria esse caráter? E isso seria ruim?

Renderia melhor em um simpósio realizado no fórum adequado (a mesa do bar). Mas quem sabe os comentaristas do Futepoca ajudam a elucidar tão inquietante questão.

11 comentários:

Anônimo disse...

com certeza, Evo Morales é de direita.

Anônimo disse...

Tem um texto do Alex Antunes, que não é sobre esquerda e direita, mas fala sobre "personalidade" das drogas: http://dedodomeio.lexlilith.org/000064.html#more

Marcão disse...

Não tem nada mais capitalista, conservador e "de direita" do que cheirar cocaína. E, para mim, maconha não é droga, é mato, como hortelã, salsinha e cebolinha. Proibir ou criminalizar quem usa é ridículo, patético e fascista.

Maurício Ayer disse...

O Marcão, nunca provei baseado de cheiro verde, é bom?

Nicolau disse...

Aguardo o convite para o referido simpósio.

Jefferson disse...

Não bastasse o incentivo ao consumo desenfreado de cachaça, o blog agora faz apologia às drogas.
Direita, esquerda... Você por acaso já teve um filho drogado?
Fora pregadores do CAOS
SERRA JÁ !

Glauco disse...

Apologia às drogas? O troll bebeu, é?
Depois o PT que quer censurar a liberdade de expressão. Vai entender...

Marcão disse...

O maior drogado é quem vota na pior das drogas, o José Serra.

Maurício Ayer disse...

O Casagrande, por exemplo, quando era da Democracia Corintiana e filiado ao PT, fumava maconha. Depois que virou comentarista da Globo, ficou viciado em cocaína, a ponto de passar um ano internado. Faz sentido.

Stjsrty Xtjsrty disse...

zzzzz2018.6.21christian louboutin outlet
oakley sunglasses
ralph lauren outlet
soccer shoes
new nike shoes
coach outlet
dsquared2
true religion jeans
coach outlet
jordan shoes

zzyytt disse...

nike huarache
fenty puma
adidas nmd runner
yeezy boost
http://www.kobebasketballshoes.us.com
lacoste outlet
tom ford sunglasses
puma shoes
vapormax
ray ban sunglasses