Destaques

segunda-feira, maio 06, 2013

Freguesia confirmada

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Pra (não) variar, deu Corinthians contra o São Paulo em mais um mata-mata - que, para o time do Morumbi no Campeonato Paulista, de 2003 para cá, está mais para "morre-morre". Não me lembro de outra eliminação para o Corinthians nos pênaltis, ou muito me engano ou foi a primeira. Fato é que a última vez que o Tricolor eliminou o rival no mata-mata foi no longínquo ano 2000... (Milton Leite diria: "Que faaaasee... interminável!"). Freguesia mais do que consumada.

O curioso é que, crente que o jogo se decidiria nos 90 minutos regulamentares, marquei um compromisso para as 18 horas do domingão. Daí, não vi os pênaltis. Estava na rua quando ouvi a gritaria dos corintianos. Só hoje li, no jornal, que Ganso e Luís Fabiano desperdiçaram suas cobranças. Sintomático. Não vejo vida muito longa para nenhum dos dois no Morumbi. Se ficarem até o fim do ano, será muito. Pressão, crise e maus resultados vão abreviar suas passagens pelo clube.

No mais, pênalti, pra mim, pode dar qualquer coisa. Eu imaginei que o roteiro do jogo seria o mesmo do confronto anterior entre os dois times: o São Paulo pressionando no início, por jogar em casa, e o Corinthians tentando o contra-ataque no segundo tempo. Mas o Tricolor deu azar novamente. Tudo bem que Atlético-MG e Corinthians são, hoje, dois dos mais fortes clubes do país, os mais cotados para levantarem a Libertadores - e superiores ao São Paulo.

Mas o Aloísio sair machucado com 8 minutos de jogo, na quinta-feira, e o Osvaldo sair com 11 minutos de bola rolando, ontem, é muito azar. Osvaldo é capaz de decidir um jogo sozinho, como fez contra o Penapolense. No post que escrevi aqui no blog junto com o Nicolau sobre as equivalências e diferenças entre os dois times, fui profético: "Depois da saída de Lucas, Osvaldo se tornou 'o cara' no ataque do São Paulo." E também: "Douglas é ruim, em qualquer posição."

E foi justamente Douglas, o horrível e perna-de-pau Douglas, um dos piores jogadores que já vi com a camisa do São Paulo em três décadas de torcida, quem substituiu Osvaldo! O resultado foi um jogo chato, modorrento e sem atrativos. Do segundo tempo, assisti uns 10 minutos. Um documentário sobre peste bubônica, no History Channel, estava mais interessante. Acho justo Santos e Corinthians na final. Continuam sendo os melhores em São Paulo. E vamos ao Brasileirão...