Destaques

terça-feira, janeiro 29, 2008

Preconceito persegue Valdívia

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Eduardo Metroviche/ Visão Oeste
Lembro de ter assistido a um Palmeiras e Corinthians, em 2005, em que o zagueiro Nen, então no time do Parque Antarctica, só entrou em campo por um motivo: para bater no argentino Tevez, na época o grande ídolo da Fiel. Bateu mesmo.O argentino, como é comum entre seus conterrâneos, não é adepto do chamado “cai-cai”, por isso ficava em pé o quanto podia, mas não saiu de campo com grave contusão porque sabia como ninguém “absorver” os golpes, como se diz no boxe.O chileno Valdívia, destaque do Palmeiras de hoje, sofre da mesmo perseguição que, para mim, tem um nome: preconceito. Valdívia é manhoso, catimbeiro, cava faltas e provoca. Mas há muitos jogadores brasileiros manhosos, catimbeiros, que cavam faltas e provocam o adversário e nem por isso são caçados em campo como o camisa 10 do Alviverde. Muitas das pancadas contra Valdívia se devem ao fato de ele ser chileno, como ocorria com o argentino Carlitos Tévez. Isso é inaceitável. Por isso, a diretoria do Palmeiras deveria tomar alguma atitude junto ao TJD-SP para defender seu atleta. Menos malicioso do que Tévez, uma hora dessas ele vai se machucar feio.

(texto publicado originalmente no jornal Visão Oeste)

15 comentários:

Marcão disse...

O engraçado é que antigamente todo mundo apanhava muito - lembremos do Zico sendo "assassinado" pelo Márcio Fernandes em 1985 ou o Raí fora dos gramados por um ano, entre 98 e 99, por uma entrada desumana do cruzeirense Wilson Gotardo (entre mil outros exemplos) - e não se via repercussões tão veementes. Muito menos os clubes reclamando nos tribunais.

Sou contra a violência e também acho que o Valdívia tá apanhando em demasia, mas a coisa se transforma numa novela tão rocambolesca que me cheira tentativa de super-valorização de jogadores. Habilidosos, Tevez e Valdívia são. Mas nada que justifique tanto estardalhaço.

Macari disse...

Mas que choradeira é essa?! O São Paulo chorando por conta do juiz, o Palmeiras pelo Valdivia. Peloamordedeus, comportem-se!!!

Edu Maretti disse...

Só um esclarecimento: eu não sou palmeirense. Publiquei o texto sóbria e jornalisticamente

Glauco disse...

Quem viu o "pênalti" sofrido pelo Valdívia no jogo contra o Mirassol, sabe que ele mais finge que apanha de verdade. A choradeira mais recente foi um pé alto - imprudente, mas sem intenção -, que detonou a ira do gentleman Luxemburgo. Robinho, por exemplo, é muito caçado e escapa de muitas faltas. Tem jogador que prefere a falta. É o Valdívia. Prefere cair a continuar uma jogada mais incisiva.

Marcão, não dá pra comparar o Tevez com o Luxemburgo. O argentino não é craque, mas está muito acima do chileno, que nem titular da seleção do Chile é direito.

Marcão disse...

Luxemburgo? (rsrs)

Tá, entendi. E concordo. Mas continuo achando exagero nos dois casos.

Edu Maretti disse...

Concordo com vc em parte, Glauco. Concordo que "Tem jogador que prefere a falta. É o Valdívia."
Tb acho. PÔ, e não precisava falar de Robinho, eu estava falando de uma coisa mais chão (he he, desculpe o trocadalho...). Tb acho que não foi pênalti contra o Mirassol. Aliás, o Valdívia deveria ter sido expulso na Vila, contra o Santos, de tanto que encheu o saco. Mas tem, sim, umas porradas grátis. Que me parecem (não sei, me parecem) gratuitas.

Guillermo disse...

Bah... mas esse futebol paulista tá pior que o carioca. Virou um verdadeiro jogo de damas.

DÁ-LHE GRÊMIO!!!

Klaus disse...

Preconceito?? O Valdívia cai e muito!! É um bom jogador, mas precisa mudar a sua postura. Será que ele apanha mais que o Robinho?? Jogadores rápidos e habilidosos estão sujeitos a isso!! Por favor, mudem o 'destino' do Glorioso Alvinegro para: www.gloriosoalvinegro.com

Paulo disse...

O problema do Valdívia é se jogar toda hora no chão. Ele faz o jogo do adversário e facilita a ação de botinadas, o que tb não justifica a omissão das arbitragens. O fato é que poucas vezes eu vi um jogador apanhar tanto como o Valdívia apanhou do São Paulo no último clássico, depois do qual ele ficou semanas em tratamento. E nenhum são paulino foi expulso.

javier disse...

O Dagoberto do SPFW tb e cai-cai, manhoso, catimbeiro, provocador e o escambáu e ninguem lembra disso...

Anônimo disse...

O Valdívia não joga nada, é um cai-cai, além de ser o maior provocador do futebol brasileiro hoje.

Ricardo disse...

Concordo com o Edu. O Valdívia tem sido vítima do mesmo tipo de preconceito sofrido pelo Tévez anos atrás. Assisti ao Palmeiras e Marília e fazia muito tempo que não via um jogador apanhar tanto - e com a conivência do árbitro. Cada um se defende como pode e a catimba faz parte do jogo. O corpo estranho é a violência.

Meiqing Xu disse...

cheap jordans free shipping
pandora uk
sac longchamp
adidas superstar
nike roshe run
coach outlet
cheap nike shoes
oakley sunglasses
polo outlet
nike shoes
20170110caiyan

dong dong23 disse...

coach outlet online
ralph lauren outlet online
michael kors bags
gucci handbags
cheap ugg boots
instyle hair iron
los angeles clippers jerseys
cheap louis vuitton bags
cheap oakley sunglasses
sac longchamp
2017.1.18chenlixiang

adidas nmd disse...

ray ban sunglasses
ugg outlet
eagles jerseys
ray ban sunglasses outlet
michael kors handbags outlet
michael kors outlet
coach outlet
atlanta falcons jersey
reebok shoes
pandora charms