Destaques

segunda-feira, janeiro 28, 2008

Clássico equilibrado no Morumbi

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Vamos direto ao assunto, já que é disso que a galera quer falar: na minha opinião, foi falta do Adriano e não foi pênalti do Chicão no Dagoberto. O Adriano coloca as duas mãos no ombro do William no lance do gol anulado. No lance do alegado pênalti, a bola era mais do zagueiro corintiano, o Dagoberto que trava o chute dele. Democraticamente respeito as opiniões contrárias, mas é isso que eu acho.

Sobre o jogo, foi equilibrado e nada exuberante em termos de qualidade técnica. Os dois times priorizaram a marcação, como já se esperava do Corinthians e tem sido o estilo do São Paulo desde o ano passado.

O tricolor dominou as ações em boa parte do jogo, mas sem muita contundência. O Corinthians jogou mais recuado, mas teve mais chances de marcar, inclusive dois gols feitos desperdiçados por Finazzi e Lulinha, além de bola na trave de Alessandro.

O São Paulo parece meio desencontrado neste começo de temporada. As entradas de Joílson e Adriano mexeram mais com o time do que parecia no papel. Continua um bom time, mas vai levar um tempinho para se acertar.

O Timão tem problemas no meio de campo, onde falta criatividade. É uma opção de Mano Menezes, que prefere garantir a defesa antes de acertar o ataque, como a maioria dos treinadores brasileiros. Mas também é um problema do elenco, que não tem opções. Quem sabe o Dinelson não ganha espaço, quando se recuperar.

Com a entrada de Coelho na lateral e o retorno de Alessandro na meia, o time deve ter pelo menos uma boa opção de jogada por ali. Com André Santos na esquerda, teremos duas alas fortes. Parece até que pode virar um time.

Acosta não jogou bem, ainda não se acertou com Finazzi no ataque. Se Mano Menezes conseguir um meia para a posição que ele achou que Acosta desempenharia bem, o gringo deve ir para o ataque, mandando Finazzi para o banco. Aliás, o artilheiro do time no ano passado precisa de uma calibragem. Não dá para perder tantos gols assim.

PS.: Falei mais do Corinthians por motivos óbvios. Sofro de limitação de torcedor em jogos do meu time: só vejo o Corinthians jogar, não vejo o adversário direito. Os sãopaulinos por favor complementem, depois de me xingarem por conta dos lances polêmicos.

18 comentários:

Marcão disse...

Na buena, Nivaldo: o resultado foi justo pela postura defensiva e inoperância no ataque de ambas as equipes. Mas o pênalti de Carlão no Dagoberto foi escandaloso, bem como Joílson deveria ter sido expulso, pois já tinha amarelo quando pôs a mão na bola. Sobre o gol de Adriano, é questão de interpretação. O juiz validando ou anulando, dá polêmica do mesmo jeito.

Anônimo disse...

Discordo, se fosse gol, os corintianos não iam reclamar de falta, iriam, talvez, reclamar mais da não expulsão de Joilson e Richarlysson.

Fabrício disse...

Vi diversas vezes o lance e não consigo ter uma opinião firme sobre gol legítimo ou não. Mas estou pendendo pro erro do juiz.

Já o Finazzi, perde os mesmos gols de sempre (desde os tempos de Ponte). Ele definitivamente só sabe fazer gol MUITO fácil, pois os fáceis ele perde.

Acosta: muita pose e pouco futebol

Lulinha: está começando a parecer que promessa que nunca vai se realizar

Richarlyson: está batendo demais, deveria ter sido expulso como o Joílson.

Thalita disse...

Não tenho opinião formada sobre o lance do gol anulado. É certeza que o Adriano empurrou o Chicão depois de cabecear. Mas antes, que é o que importa, não dá pra ter certeza.
Sobre o pênalti no Dagoberto confesso que não vi a repetição. Mas acho que teve outro pênalti, do mesmo Chicão, no Adriano (ele cai e agarra a camisa do Adriano pra ele cair junto). Também é um lance difícil.
No fim das contas, 1 x 1 traduziria melhor o jogo.

E o que foram os gols que o Finazzi e o Lulinha perderam? E a patacoada do Rogério, soltando aquela bola? Jisuis!

heric_fla disse...

cara pode-se dizer q me tornei um anti-bambi.. mais po se pego pesado demais.. achu q vc ta pior que eu.. logico que foi penalti, ta loco!? e que falta??

CÉLIO AQUINO disse...

O SÃO PAULO FOI GARFADO PENA QUE UM GOL TÃO BONITO NÃO FOI VALIDADO.

Fernando Augusto disse...

O gol foi legal. O pênalti não foi muito claro e o Joilson deveria ter sido expulsp.

Fernando
http://sambaepolitica.blogspot.com

Anselmo disse...

a prova de q nada foi claro sã oas opiniões divergentes até entre sãopaulinos.

agora, a patacoada do rogério ceni foi grotesca. e depois ele saiu ainda se fazendo de seguro, como se soubesse que a bola iria pra fora. baixe a bola, cidadão. Errar, acontece, mas pra que se fazer de seguro?

pelamordedeus.

fredi disse...

Disconcordo de todos, ou como diz o Nivaldo, não vi o jogo, mas acho que...

De verdade, estava tão ruim que dormi no sofá... Só acordava com o locutor gritando qualquer coisa.

Agora, para eu ter opinião, o que o Wright disse? Seja o que for, acho o contrário dele...

Glauco disse...

o Wright falou que o gol foi legal. Aliás, ele, mesmo depois do replay, conseguiu dizer que uma bola que saiu inteira não havia saído.... Estava inspirado.
Achei falta do Adriano, o lance do Dagoberto é daqueles bizarros, porque é nitidamente o famoso "semq uerer". O Chicão arma o chute e o Dagoberto protege faz o lance pra proteger a bola. Se o árbitro marcasse penalidade, seria coerente expulsar o Richarlyson no lance "sem querer" que tirou o Dentinho da partida. O juizão foi coerente.
Mas os dois lances são polêmicos. Se marcados de modo distinto, dariam pano pra manga da mesma forma.
E a pança do Carlos Alberto? A assessoria tricolor disse que ele estava no peso e tinha "ganho massa muscular", no que o comentarista Neto ironizou: "Disso eu entendo, ele tá é gordo".

Anônimo disse...

Caro Anselmo, mostrar segurança é o mínimo que se espera do capitão do time. Não é nada de jogada de marketing.
Se ele mostra instabilidade emocional, a defesa do São Paulo, que já está ruizinha, iria errar ainda mais.
Uma boa analogia é a das guerras de antigamente... o general sempre precisava mostrar segurança para aumentar a moral dos seus soldados.

Edu Maretti disse...

Se o cara subir com a mão servindo de alavanca e empurrando por trás não é falta... francamente, não existe mais falta. Foi falta clara.
E não foi pênalti no Dagoberto.

Thalita disse...

hahaha
esqueci de comentar a pança do Carlos Alberto. E o comentário do Neto foi o melhor!

Maretti, não vi nenhuma imagem que mostra o Adriano usando o braço pra fazer alavanca e subir pra cabecear.

edumaretti disse...

Thalita, o braço direito do Adriano no ombro do zagueiro do Corinthians, vc não viu? Braço direito no ombro direito apoiando e empurrando por trás pode não se chamar alavanca, mas é falta.

Anônimo disse...

Aí corinthianada, se o gol do Adriano foi falta, gol do Rafael Moura é falta então, meteram a mão no Juventus!

http://www.youtube.com/watch?v=w6Do5OxFF-k

Pulem para o 5o minuto

Esses corinthianos só estão enchendo o saco, no fundo sabem que o gol foi legal.

Tiago disse...

Sinal claro de decadência e desespero dos são paulinos...
O Adriano tem 1.89m...e o Willian também tem 1.89...muito estranho na hora da cabeçada o Willian estar 30cm abaixo do Adriano, que é muito mais pesado do que ele...é OBVIO que foi falta...o braço direito dele segura o ombro do Willian...
Agora, os São Paulinos estão desesperados, pois pereceberam que o time não está bem, e estão tentando jogar a culpa da incopetência do time na arbitragem.

Anônimo disse...

na verdade eu diria que é medida preventiva da diretoria para pressionar os árbitros dos próximos jogos a não marcarem essa falta nesse tipo de lance do Adriano.

dong dong23 disse...

adidas yeezy boost 350
louis vuitton outlet stores
coach outlet store online
ugg australia
burberry scarf
ugg outlet store
coach factory outlet online
rolex watches
coach outlet
cheap ray ban sunglasses
2017.1.18chenlixiang