Destaques

segunda-feira, dezembro 13, 2010

Propaganda de associação de ateus é barrada em Porto Alegre e Salvador

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Clique para ver a imagem maior

Estava programada para se iniciar hoje, em Porto Alegre e Salvador, a divulgação de uma campanha em ônibus com mensagens sobre ateísmo. São quatro peças diferentes, retratadas acima, que não puderam circular nos 15 veículos contratados nas duas cidades já que a iniciativa, promovida pela Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (Atea), foi barrada.

Na capital baiana, a empresa responsável pela veiculação entrou em contato com a Associação informando que não iria tocar a campanha por temer a ação do Estado e dos empresários de ônibus. Já em Porto Alegre, a Agência de Transportes Públicos vetou a divulgação argumentando que a mesma infringe uma lei municipal que veta temas religiosos na publicidade de coletivos.

A Atea, em sua página eletrônica, explica o que pretende com as quatro mensagens. "Nossos objetivos são conseguir um espaço na sociedade que seja proporcional aos nossos números, diminuindo o enorme preconceito que existe contra ateus, e caminhar rumo à igualdade plena entre ateus e teístas, que só existe quando o Estado é verdadeiramente laico - o que está muito, muito longe de acontecer." Para os defensores e pseudo-defensores da liberadade de expressão, está aí uma boa pauta.

22 comentários:

budugarcia@yahoo.com.br disse...

Sou ateu.
Como isto pode te ofender?

Sou devoto.
Ateu, vá se ofender!

Ou há liberdade ou não há.
Respeite, sempre.

*****************
Autorizo qualquer pessoa a utilizar o slogan acima, desde que citada a fonte:

budugarcia@yahoo.com.br

Leandro disse...

Na BA, pelo menos jogaram limpo e deixaram as tergiversações jurídicas de lado.
Mas, de qualquer modo, ambas as capitais foram lamentáveis.
A verdade é que já passou da hora de se fazer algo contra o que sempre ocorreu nesta nossa intolerante sociedade deísta (cristã, para ser mais exato). Um dos muitos frutos da herança maldita lusitana.
E por estes mesmos motivos, o pessoal dos cultos de origem africana também já passou da hora de se mobilizar e colocar na parede (juridicamente falando) os picaretas da igreja do bispo, que tanto os ridicularizam e/ou ofendem com uma abordagem deliberadamente superficial e maniqueísta.

Raphael Tsavkko Garcia disse...

Proselitismo evangélico diário na TV, rádio e afins tá liberado. Mas a resposta, os ateus mostrando que existem e que tão fartos de religião se metendo em tudo quanto é lugar, não pode?

Azarias disse...

Não há raça, não há crença, não há opção sexual, não há condição social, que sofra mais preconceito do que o Ateu.
Inclusive todos estes que sofrem preconceitos, com total falta de respeito, tentam converter o ateu.

Marcio-SJP disse...

Quem esta querendo convencer quem, nesta história?

Logo veremos a criação de cotas para Ateus na faculdade!

Pela-mor-de-Deus cada um é o que gosta de ser e pronto!

Adriana Amorim disse...

Ateus e vegetarianos: estes, certamente, devem ser os que mais sofrem com preconceitos.

Joice disse...

Adriana então eu me dei mal
"/

queria passear por salvador e ver esses cartazes.
tragico como na sociedade do seculo XXI ainda acontece esse tipo de coisa, preconceito desmedido por parte do estado

Anselmo disse...

sobre religião e caráter, o pixinguinha ensinou algo a respeito da segunda parte.

sobre a campanha, ela é realmente interessante em seu conteúdo, especialmente por combater um preconceito (todo combate a preconceito pode ser aplaudida).

mas a cara das peças lembra muito embalagem de medicamento genérico.

E eu prefiro não pensar implicações semióticas disso.

william haddad disse...

liberdade de expressão SIM DEVE SER RESPEITADA em tempo não sou ateu mas sem eles eu não professo minha fé AVANTE ATEUS exprimam suas opiniões livre arbítrio DEUS NOS DEU ESTA PERMISSÃO.

Rosane disse...

Oi se em POA existe lei que proíbe temas religiosos em seus coletivos, aqui em Cachoeirinha, região metropoloitana de POA não, já vi em vários coletivos daqui mensagem ou propaganda de evangélicos. Porque vcs não tentam fazer essa campanha aqui?

castle disse...

Não sou ateu, sou agnóstico. A campanha é bem bacana e só fala a verdade. Algumas vezes a discriminação contra ateus é "mérito" do próprio ateu que quer empurrar "guela" abaixo a sua filosofia, assim como fazem alguns evangélicos. Essa campanha faz o contrário e tem o meu apoio.

castle disse...

"Adriana Amorim disse...
Ateus e vegetarianos: estes, certamente, devem ser os que mais sofrem com preconceitos."

Não é verdade, vegetarianos são os "crentes" da alimentação. São chatos, preconceituosos e acham que são os donos da verdade.

Mc:. disse...

Dar o rabo pode.... Ser ateu não???
Santa Hipocrisia....

Anônimo disse...

Eu sou Teísta, e sou a favor do livre arbítrio, como Deus verdadeiramente pregou. Cada um faz o que quer e arca com as consequências. Mas eu acho negativa a comparação do anúncio, de Hitler ser crente em Deus. Isso é preconceito e generalização. Podemos citar boas pessoas crentes em Deus. A frase "A fé não dá respostas. Só impede as perguntas" é outra forma de preconceito e é uma clara tentativa de ofensa.

Anônimo disse...

c de cima é ateista? escreve deus em maiusculo?

Anônimo disse...

Sou ateu desde q me entendo por gente, e não me senti ofendido... a justificativa foi plausível " uma lei municipal que veta temas religiosos na publicidade de coletivos."
Se não pode evangélico, católico, ubandista então tbm não pode ateu!
Igualdade é igualdade mesmo q doa na gente!

Anônimo disse...

Pobres ateus, sofendo preconceito desta maneira...
mas tudo bem!!! Jesus ama vocês!!!!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Renan disse...

Proselitismo evangélico diário na TV, rádio e afins tá liberado. Mas a resposta, os ateus mostrando que existem e que tão fartos de religião se metendo em tudo quanto é lugar, não pode? [2]

Anônimo disse...

-Castle diz:

"Adriana Amorim disse...
Ateus e vegetarianos: estes, certamente, devem ser os que mais sofrem com preconceitos."

Não é verdade, vegetarianos são os "crentes" da alimentação. São chatos, preconceituosos e acham que são os donos da verdade.


Quata descriminação e preconceitos, nem sei o que dizer sobre isso.

CYNTHIA disse...

Pobres ateus, sofendo preconceito desta maneira...
mas tudo bem!!! Jesus ama vocês!!!!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk [2]

tavares crazy hat tattoo disse...

se isso for verdade, quando a campanha foi criada - e espero que tenha sido por pessoas inteligentes -, a proibição deve ter sido pautada e justamente por isso foi tentada a publicação em linhas de empresas públicas. aí está a força da campanha. se foi por acaso, oremos ao caos.

Diego Cardoso disse...

Em todo lugar que vou, tem anúncios, ou dizeres de crentes, macumbeiros ou seja la qual religião for. Por que nos ateus não podemos nos expressar tbm? Não vivemos em um pais livre? Ah! Os tementes a deus não falam em "livre arbítrio"????