Destaques

quinta-feira, fevereiro 19, 2015

A vingança é um prato que se come... após 1 ano

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Em janeiro de 2014, Muricy Ramalho botou o meia Jadson na geladeira no São Paulo, expondo o jogador publicamente ao dizer que ele havia começado aquela temporada "mal preparado". E disparou, de forma grosseira: “Se não estiver satisfeito, vá embora. Aqui, ninguém está fazendo favor ao São Paulo. Todo o mundo é pago para trabalhar". Jadson não pensou meia vez: arrumou suas trouxas e fechou contrato com o rival Corinthians pouco depois, no início de fevereiro, numa negociação que teve como contrapartida o empréstimo do atacante Pato para o clube do Morumbi.

Após um bom início no time corintiano, com gols e assistências, Jadson caiu de produção no segundo semestre do ano passado, mesma época em que Pato vivia boa fase no rival - fato que levou muitos precipitados a afirmar que o São Paulo tinha levado a melhor na polêmica transação. Com a saída de Mano Menezes e a volta de Tite neste início de 2015, o roteiro de Jadson parecia repetir o da temporada anterior. Preterido no time titular por Lodeiro, o ex-sãopaulino chegou a ser sondado pelo Flamengo. Porém, como o meia uruguaio acabou se transferindo para o Boca Juniors, Jadson ficou.

Ficou, virou titular absoluto e começou o Paulistão e a pré-Libertadores "voando baixo", como diz o jargão futebolístico. Mas nada se compara à atuação que teve ontem, no Itaquerão, na estreia da fase de grupos da competição continental. Com um passe magistral e decisivo para Elias abrir o placar, e uma finalização perfeita no segundo gol (ainda que tenha havido falta de Sheik no início da jogada), Jadson destruiu o São Paulo e humilhou o mesmo Muricy que o havia "enxotado" do Morumbi há um ano. A vingança é um prato que se come frio. Ainda assim, para o meia corintiano, foi saborosíssimo.


'O CARA' - Ainda que Jadson, Elias e Ralf tenham feito uma partida perfeita, na técnica, na tática e na raça, e que Felipe, Danilo e Sheik também mereçam (muitos) aplausos pelas suas atuações, "o cara" do Corinthians é, sem sombra de dúvida, o técnico Tite. A equipe compacta, com forte marcação, toques rápidos e múltiplas opções de saída de bola e de contra-ataque, como era a da Libertadores de 2012, voltou. E voltou mais forte, na minha opinião. Se Guerrero tivesse jogado, creio que o prejuízo sãopaulino teria sido maior. Uma injustiça Tite não ter assumido a seleção.

SEM NOÇÃO - Entrar com uma formação nunca testada, com três volantes, num clássico dessa importância, foi uma pisada na bola incontestável de Muricy Ramalho. Michel Bastos na lateral também foi algo "sem noção", bem como as substituições feitas. O resultado foi que o São Paulo praticamente não deu um chute a gol, sequer, e Cássio saiu com o uniforme limpo. Mas quero, aqui, concordar com a observação do colunista Marcio Porto, do jornal Lance!: o time teria perdido o jogo com qualquer formação titular, pois não sabe o que fazer quando pega a bola. E o Corinthians sabe. Muito bem.

TRÊS ZAGUEIROS - O São Paulo não sabe o que fazer porque não tem saída de bola. Quando Rogério Ceni não dá chutão lá pra frente, ele toca para a zaga ou para os volantes, que não têm opção alguma a partir daí. O motivo é que o time não tem laterais de ofício, mas "alas", que ficam lá na frente, isolados, esperando a bola. Quando os adversários anulam Souza e Ganso (palmas para Ralf e Elias!), a equipe de Muricy "desaparece". Foi o que aconteceu. Por isso, o São Paulo deve voltar a jogar com três zagueiros, para ter opções de saída de bola e de ligação com os "alas", além de compactar mais a defesa com o meio e o ataque. Foi assim que o time ganhou quase tudo entre 2005 e 2008. E, de lá pra cá, os títulos sumiram. Com três zagueiros, o São Paulo finalizou 19 vezes contra o Bragantino. Ficou nítido que, com dois na zaga e dois "alas", Muricy não irá a lugar algum.


6 comentários:

Nicolau disse...

1. Tite está mandando muito bem mesmo. Acho até que esse time tem mais opções ofensivas do que o de 2011/12, especialmente jogadas de toque de bola e infiltração como o primeiro gol.
2. Jadson tem muita técnica no passe e na visão de jogo. Resta saber se vai manter esse nível (ou algo próximo dele), já que ele oscilou bastante em outros momentos. Fagner, que também tem jogado bem, recebe a mesma dúvida.
3. Guerrero vinha jogando cmo Tite muito mais preso na área do que com Mano, quando caia pelos lados e se movimentava mais. Imaginando que tenha sido opção do técnico, espero que Tite aprenda com a experiência com Danilo se mexendo por todo o ataque, o que funcionou muito bem.
4. Sobre saída de bola: os laterais do Corinthians estão bem, mas são a única saída de bola confiável, já que Ralph não é muito disso. Cássio também abusou dos chutões para Danilo, mas com deu certo, bola pra frente, rs...
5. Também não entendi Michel Bastos na lateral. A explicação lógica é que a ideia era prender Jadson e explorar a marcação mais frágil de Fagner. Aconteceu o contrário: não atacou nem marcou bem e perdeu um cara de chegada no meio campo.

Patryck Leal Gandra disse...

Man Guaça,

Um comentário que assisti e que é válido: "Uma pena o Tite não estar na Seleção Brasileira".

Bela vitória do Corinthians que começa muito bem na Libertadores.

Abraços.
Participe do Super Quiz:
Quarto desafio

Man Guaça disse...

Opa!

Vamos ver a solução que ele vai achar se o Jadson sair.

Abraços, volte sempre!

Vitor Nuzzi disse...

Já convivi o suficiente com o Jadson (não interpretem mal, por favor) no Morumbi para saber que a pilha não dura muito. É um jogador que precisa ser adulado o tempo todo. Não deu certo no São Paulo porque queriam um líder, coisa que ele não é. Joga bem, tem muita técnica, passe apurado, mas não é o cara. Aliás, estão faltando caras em campo.
Saludos!

林磊 disse...

2015-10-12leilei
Ray-Ban Sunglasses
michael kors outlet
Hollister Cheap Hollister Clothing Outlet Store
Louis Vuitton Outlet Louis Vuitton Handbags
coach outlet
Coach Outlet Coach factory
nike air max 90
canada goose outlet,canada goose jackets,canada goose online,canada goose sale
Louis Vuitton UK
Official Coach Factory Outlet Online
Air Jordan Retro 6S Shoes
ralph lauren
true religion outlet
michael kors outlet
Jordan 3 Retro For Cheap
michael kors bags
Louis Vuitton Outlet Official Site
Michael Kors Outlet Online Free Shipping
Abercrombie Outlet Store Online
Michael Kors Outlet Online Sale
cheap ugg boots
canada goose sale
michael kors outlet online
michael kors outlet online
canada goose jackets

林磊 disse...

2015-10-12leilei
Ray-Ban Sunglasses
michael kors outlet
Hollister Cheap Hollister Clothing Outlet Store
Louis Vuitton Outlet Louis Vuitton Handbags
coach outlet
Coach Outlet Coach factory
nike air max 90
canada goose outlet,canada goose jackets,canada goose online,canada goose sale
Louis Vuitton UK
Official Coach Factory Outlet Online
Air Jordan Retro 6S Shoes
ralph lauren
true religion outlet
michael kors outlet
Jordan 3 Retro For Cheap
michael kors bags
Louis Vuitton Outlet Official Site
Michael Kors Outlet Online Free Shipping
Abercrombie Outlet Store Online
Michael Kors Outlet Online Sale
cheap ugg boots
canada goose sale
michael kors outlet online
michael kors outlet online
canada goose jackets