Destaques

quinta-feira, fevereiro 28, 2008

Minha idéia ganha força

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Terça-feira, escrevi um post dizendo que o futebol poderia ter três tipos de cartão. Esse terceiro a ser introduzido, o azul (ou outra cor), teria um grau abaixo do amarelo e serviria para punir pequenas faltas disciplinares, como comemorações excessivas de gol, "ceras" não tão enroladas assim e por aí vai.

E agora, vejam vocês, o globoesporte.com traz uma notícia dizendo que em Portugal um dirigente local pretende adotar uma idéia parecida. Rui Mâncio, diretor da Federação de Futebol da Ilha da Madeira, defende a adoção do cartão azul nas categorias de base. A punição teria fins educativos: seria aplicada aos jogadores que usam palavrões em campo.

A discordância entre a proposta de Mâncio e a minha é justamente essa. Eu não vejo ser necessário banir o palavrão do futebol; pelo contrário, considero as palavras feias integrantes essenciais do ludopédio. Mas ambas as idéias se encontram num ponto crucial: o cartão azul de Mâncio também estaria abaixo do amarelo, com dois azuis gerando o atual cartão da advertência.

Chegaremos lá?

3 comentários:

Diogo Ferreira disse...

A idéia é boa mesmo, poderia haver um cartão azul como forma de inibir ´´ conscientizar´´ os jogadores a evitarem as faltas e jogadas perigosas.

Anselmo disse...

cartão pra palavrão?

maurício disse...

achei que só existisse carão pra trocadalho...