Destaques

sexta-feira, agosto 01, 2008

Em defesa do Saci

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Causa espanto e medo quando se lê um texto de Juca Kfouri contra a idéia de adotar o Saci como mascote da Copa do Mundo de 2014. Em seu blogue, o jornalista diz que "um grupo de malucos abrigado no endereço http://www.sosaci.org/ que quer convencer a CBF a adotar o Saci como mascote da Copa do Mundo de 2014, no Brasil", e apela ao presidente da Confederação: "Tomara que Ricardo Teixeira, pelo menos dessa vez, não se deixe levar por uma tentação tão populista e demagógica."

Kfouri condena ainda o colega José Roberto Torero por apoiar a idéia e questiona “Como ter alguém de uma perna só, e ainda de cachimbo na boca, como mascote da Copa? Não basta uma seleção de pernas-de-pau que fazem propaganda de cerveja?”.

Acho, sinceramente, que ele não entendeu a proposta. Ou talvez tenha sido irônico e quem não entendeu fomos nós.

A idéia de fazer do Saci o mascote da Copa, além de bem-humorada, é uma tentativa de manter vivo um dos símbolos do folclore nacional, preexistente a Juca Kfouri e a qualquer pessoa que esteja lendo isso agora. Pode-se contestar ou dizer que não é conveniente, que talvez seja melhor inventar algum mascote de gosto duvidoso como o bizarro Ciao italiano ou as ainda mais estapafúrdias criaturas da Copa Coréia/Japão. Mas daí a dizer que a proposta é “populista e demagógica” vai uma grande distância...

Aliás, esses foram os mesmos termos que Kfouri usou para condenar a pretensão de Evo Morales de que a seleção e os times do seu país continuassem a disputar partidas oficiais na altitude. Lula ter apoiado a idéia era algo “populista e demagógico”. A Fifa se dobrar e voltar atrás era um absurdo. Mas foi o que aconteceu. Todos, decerto, viraram “populistas e demagógicos”. Como , aliás, qualquer proposta que queira resguardar um patrimônio cultural, como o caso do futebol para os bolivianos ou do Saci no Brasil, guardadas as diferentes proporções.

Mas esse ataque tem uma pretensão politicamente correta (meio torta) também. Perdemos o direito de sermos irreverentes, mesmo utilizando uma figura que pertence à cultura popular, que foi retratada por Monteiro Lobato, desenhada por Ziraldo e que se tornou até mesmo mascote do Internacional de Porto Alegre. O Saci pode justamente ser usado para combater estigmas, e não o contrário, inclusive o racismo. No entanto, se for para levar a ferro e fogo tal ideário, o colunista poderia evitar a expressão “perna-de-pau”, utilizada no texto.

E se a birra for por causa do cachimbo, a ilustração ao lado do Ohi já resolve o problema. Por conta de todo o exposto, esse blogue reforça o apoio já dado à idéia do Saci como mascote em 2014. Acesse o site da Sosaci e apóie a idéia. Ou, se quiser, não apóie. Só convém lembrar que os adjetivos sejam moderados, pra não ficar parecendo ranço da velha UDN...

27 comentários:

Anselmo disse...

eu prefiro achar que é ironia, que eu li errado, sei lá.

O motivo é simples: claro que pode não gostar da idéia. É uma proposta de uma organização que trabalha o folclore brasileiro (ou sua valorização). Ninguém precisa gostar do saci mascote só por isso. senão, o que dirão os gremistas?

Mas o "populista e demagógico" desqualifica a idéia, como se ela nem pudesse ser discutida.

pena que, lendo o original, realmente não parece ironia.

Vinicius Grissi disse...

O Juca é muito inteligente, mas às vezs parece ser meio ranzinza, apenas para aparecer. A idéia é boa sim.

O Marcação Cerrada está de cara nova e cheio de novidades. Depois dá uma passada por lá.

Grande abraço!

Olavo Soares disse...

O Anselmo falou tudo. Gostar ou não do saci é um direito. Mas argumentar dessa forma é babaquice.

Ah, e tem que ter cachimbo. Saci sem cachimbo seria uma bichice a la a extinção dos Cigarrinhos de Chocolate da Pan.

Rafael Evangelista disse...

Inteligente? JK é dos jornalistas mais obtusos que já vi. Um obtuso cheio de certezas. Além de ser altamente contraditório sem tem a mínima pista disso. Fora ser um fundamentalista de mercado travestido de progressista.

Guillermo disse...

Saci é o mascote dos morangos... logo, nada dessa idéia absurda.

DÁ-LHE GRÊMIO!!!

Nicolau disse...

Viva o Saci! Dez mil vezes o Saci, negrão, que quer dizer alguma coisa, que aquele solzinho esquisito que foi mascote do Pan, chamado de Cauê... Pq Cauê?

Nicolau disse...

Agora, uma parêteses mais sério:

"Como ter alguém de uma perna só, e ainda de cachimbo na boca, como mascote da Copa?"

Entendendo esse trecho do texto do Juca da pior forma possível, ele quer dizer que um deficiente não poderia ser símbolo da Copa do Mundo. E, se foi isso, eu acho preconceito.

Filipe Araújo disse...

Bem...opinião é opiniã, né? só não se pode pensar que opiniões distintas das nossas sejam equivocadas. Não sei se aprovo o saci como mascote. Talvez tenhamos outros que também caberiam.

Abrazo!

http://gambetas.blogspot.com

Glauco disse...

É verdade, Filipe, mas como disse o pessoal acima, o problema é justamente esse, de que forma se argumenta. Adjetivar de populista, demagogo e não sei que mais é fugir da discussão central pra tentar desqualificar quem acha o contrário.

Paulo (P. Alegre) disse...

FORA, SACI! Na Arena do Grêmio, ele não entra!

Aluízio disse...

Gosto muito do profissionbal Juca Kfouri, mas acho que ele não foi feliz dessa vez. O Saci é uma figura do nosso folclore e deve, sim ser valorizada. Aliás, sou muito mais os desenhos do Maurício de Souza (da Turma da Mônica), do que do Tio Patinhas & Cia. E como bom corintiano (assim como o Juca), só tenho a dizer: "Dá lhe Saci!"

tina disse...

Prefiro a Cuca!

e sou contra a Copa no Brasil!

Anônimo disse...

ninguém aventou a possibilidade dele (JK) ter sido irônico?

Glauco disse...

Anõnimo, como se diz no texto: "Acho, sinceramente, que ele não entendeu a proposta. Ou talvez tenha sido irônico e quem não entendeu fomos nós".

Ou seja, sim, essa hipótese foi levantada.

gerson disse...

só que não vai gostar do saci são os bananas de pijama. Viva o Saci!

edson disse...

Parem as máquinas!!
Juca prefere o "brasileiríssimo" Mosqueteiro.
Façam me o favor, o jUca vive uma diarréia mental e quer a todo custo se auto promover.
Viva o Saci,não o do Inter, mas este e quelquer outro símbolo brasileiro.
Até mesmo a Cuca!

Bia disse...

O Juca ta gaga...
Tudo pra ele eh populista e demagogo... so o timinho dele q nao...rs

Maurício disse...

Eu nem argumentaria tanto por aí. O Torero vai mais ao ponto quando apóia o Saci porque os mascotes "fofinhos" já encheram o saco. O Saci não precisa da Copa para se manter vivo enquanto "símbolo do folclore", ele é figura viva e atuante, e o resultado de seu trabalho pode ser constatado cotidianamente na vida de cada um. O Saci é quem bagunça a norma e infiltra alegria, esperteza e acaso na nossa vida, que sem ele seria muito mais tediosa. É a própria criatividade. Sob a égide do Saci, vai ser difícil justificar um futebol burocrático, sem beleza, sem alegria, enfim, sem essa maravilha que é ter os belos meios como fim.
Quer dizer, em vez de inventar um mascote novo e desencarnado e tentar dar-lhe vida, escolher o Saci é apostar no que existe (Saci existe!) e vem com toda a força da cultura. Ao contrário do que eu falei pouco acima, o Saci é que vai injetar vida e espírito na Copa.
A idéia de que o Saci seja um "portador de deficiência" também é incerta. Há versões da lenda que atestam ele nunca ter tido outra perna, que seria próprio de Saci ter uma só perna. Não caberia falar em deficiência no caso dele, que afinal de contas se locomove com uma perna melhor que muito biperneta.
E acho que o Juca está mesmo cada vez mais bundão com a idade. Quer mesmo a solução bem comportada, não crê em Saci nem em nada que fuja à norma atestada pelo mercado... ou seja, vai sempre chover no molhado.

Caetano disse...

Surpresa no texto do Jornalista Juca Kfouri? Nenhuma. JK é o PIG no jornalismo esportivo. Tudo que vem das entranhas brasileiras é motivo de "populismo e demagogia". Talvez ele esteja falando dele mesmo, pois a idéia não foi dele, e encampá-la seria bater em seu narcisismo nojento, populista e demagógico.

Marcão disse...

Concordo com o Evangelista quando diz que Juca é um "fundamentalista de mercado travestido de progressista". Logo, ele só vai apoiar algum mascote que lhe renda benesses e/ou dividendos. Pronto, blasfemei.

Nicolau disse...

A defesa do Saci feita pelo Maurício é brilhante. Mais do que nunca, Viva o Saci!

SoulMKT disse...

Pessoal ajude-nos a eleger o Saci para o mascote da copa de 2014 votando em nosso abaixo assinado eletronico

http://www.slparaitinga.com.br/saci-para-mascote-da-copa-de-2014.html

Abração
Equipe: SLPARAITINGA
Henrique/Cebola
(11)8555-3785 / (11)2297-3288

Augusto disse...

visitem o link: www.mascotedacopa2014.com.br

Thiago dos Reis disse...

É uma das ideias mais ridículas que eu já vi em toda a minha vida.

Um cara com uma perna só e um cachimbo na boca ser eleito mascote de um Copa do Mundo de futebol?

Pelo amor né.

O saci não representa o povo brasileiro.

O saci é um diabinho de uma perna só que anda solto pelo mundo, armando reinações de toda sorte: azeda o leite, quebra pontas das agulhas, esconde as tesourinhas de unha, embaraça os novelos de linha, faz o dedal das costureiras cair nos buracos, bota moscas na sopa, queima o feijão que está no fogo, gora os ovos das ninhadas.


Parabéns a todos os que apoiam e querem este tipo de representação ao povo brasileiro. Vocês devem ser argentinos.

Luiz disse...

O Curupira seria outra boa opção. Também é deficiente e trabalha defendendo a natureza, um pitaco interessante que poderia ser dado nestes tempos de necessidade de mudanças de posturas individuais e coletivas. Só uma defesa a mais aoSaci, ele também defende a natureza, prega peças em quem destrói a floresta.

Edith Paula disse...

Eu sou completamente a favor de fazer a ararinha azul como o mascote da copa 2014. Eu penso que seja uma divulgação e um alerta quanto à preservação da natureza e cuidados com as espécies em extinção. Afinal é uma divulgação mundial. Vocês não acham que seria mais válido?

Júlio Lucas disse...

Uma pena que não vingou. Nada mais popular e divertido que o Saci para nos representar na Copa. Quanto Ao Juca, o simples fato dele andar repetindo os adjetivos para propostas diferentes, mostra que seu repertório de incongruências anda escasso.