Destaques

segunda-feira, setembro 28, 2009

Os Santos ajudaram

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Tardelli e Fabão, dois personagens determinantes do jogo. Um pelos dois gols. Outro pela má atuação e o pênalti cometido

Foto: Estado de Minas\Uai



Chegar às últimas doze rodadas do Brasileirão com chances de lutar pelo campeonato ou por uma vaga na Libertadores é algo que nem os atleticanos acreditavam no começo do campeonato. Mas o jogo de ontem contra o Santos mostrou que o time voltou a uma boa fase e que está bem arrumado. Foi a melhor partida desde a vitória por 2 a 0 contra o São Paulo no Mineirão, ainda no primeiro turno.

Mais que o resultado, o importante foi o domínio quase o tempo todo, com poucas chances para o time da Baixada. A rigor, o Santos jogou bem os últimos 10 minutos do primeiro tempo e o começo do segundo. Passou por 10 minutos de pânico no início da partida e voltou a cair de rendimento depois do pênalti do Fabão e o gol de Tardelli.

Mas a destacar a falta de opções de Luxemburgo. Ele entrou com três volantes-volantes, até por falta de meias de ligação. No meio do jogo, trocou Emérson e Rodrigo Mancha por Pará e Germano, mas a história da partida não mudou. Depois do terceiro gol colocou o menino Neymar, mas o jogo já estava decidido. Com esse time e essas opções, em que se destaca o fraco sistema defensivo, será difícil o Peixe almejar algo mais neste campeonato.

No lado do Galo a confirmação do certo das contratações do goleiro Carini e do volante Corrêa. Um deu traquilidade à defesa. Outro a cada jogo melhora, com marcação e assistências. Junto com o retorno de Márcio Araújo e Éder Luís, o time adquiriu uma cara muito boa. Pode não ganhar nada, mas é o melhor time dos últimos anos do Galo. Até porque na reserva tinha Coelho, Ricardinho e Rentería, por exemplo. Falta ainda a volta do volante Serginho, a estreia do zagueiro paraguaio Benitez e a escalação de Ricardinho em toda uma partida quando entrar em forma.

Para meu modesto objetivo desde o começo do campeonato, fugir do rebaixamento, só falta um ponto. Depois dá para sonhar um pouquinho mais...

5 comentários:

Saulo disse...

O Galo tá fazendo um belo campeonato e ainda está na briga pelo título.

Maurício disse...

Tô botando fé no Goiás.

fredi disse...

Maurício, fé é fé, não se discute.

Eu duvido bastante dos goianos...

Anselmo disse...

surpreendo-me com o bom desempenho do corrêa. nao que ele fosse ruim, mas não tinha ele em boa estima como jogador que poderia, de vez em qdo, resolver.

fredi disse...

Pois é, Anselmo, neste ano já fez dois passes primorosos.

No jogo contra o Atlético PR lançou da defesa, passe de mais de 50 metros, e a bola caiu no pé do Tardelli.

Contra o Santos, driblou três jogadores e lançou certinho para o Tardelli na corrida contra o Fabão (covardia, rs).

Além de estar marcando bem. Se continuar assim, não sai do time tão cedo.