Destaques

terça-feira, outubro 27, 2009

Mês que vem, o jogo do ano

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

A terra vai tremer no dia 5 de novembro. Pela primeira vez (salvo engano) na história, a fechada Coreia do Norte receberá uma equipe brasileira de futebol em seu território. Será a chance dos brasileiros encantarem os norte-coreanos com o futebol pentacampeão do mundo e, de quebra, ajudar a seleção local a se preparar para a Copa de 2010, para a qual está classificada.

O time em questão é o Atlético Sorocaba, da segunda divisão paulista, que enfrentará a seleção da Coreia do Norte. Isso mesmo, caros amigos: no mês que vem, teremos o duelo Coreia do Norte x Atlético Sorocaba.

A notícia foi dada hoje pela Trivela, que repercutiu informação da agência sul-coreana Yonhap. Segundo o texto, a novidade foi dada à agência na segunda-feira por um "homem de negócios que ajudou a organizar a partida". A fonte, informa a Yonhap, é presidente da companhia automobilística Pyeonghwa. Tanto Pyeonghwa quanto Atlético Sorocaba têm o mesmo proprietário - Sun Myung Moon (foto), mais conhecido como "Reverendo Moon", o criador-líder-máximo da Igreja da Unificação.

A única ressalva ainda em relação à existência do confronto vem do próprio Atlético Sorocaba. O site do clube não menciona a partida - diz que a equipe faz uma excursão para a Ásia e enfrentará FC Tokyo, em duelo a ser travado no mítico Ajinomoto Stadium (é sério), "uma equipe da China" e o Il Hwa Chunma, da Coreia (o texto não especifica qual das duas). Há uma menção a um quarto jogo "que será definido durante a viagem", mas não se cita a possível partida contra o selecionado norte-coreano.

A torcida do Futepoca e dos amantes do futebol nacional é que o choque entre Coreia do Norte e Atlético Sorocaba se faça real. Será um duelo único entre ocidente e oriente, transformador tal qual, na ficção, foram as disputas entre Ivan Drago e Rocky Balboa e Forrest Gump e os meso-tenistas chineses. E, caso queiramos encarar de outra maneira, podemos ver a peleja como um "jogo da paz", aos moldes que fizeram Irã e EUA na Copa de 1998.

Nas transmissões futebolísticas de competições internacionais, volta e meia os narradores despejam frases como "o Grêmio (por exemplo) é o Brasil na Libertadores!". A sentença é rejeitada por quase que a integridade dos brasileiros. Mas agora, acho que dá pra afirmar sem erro: o Atlético Sorocaba é o Brasil na Coreia do Norte! Vai, Atlético!

6 comentários:

Maurício disse...

Nesta hora, somos todos Atlético Sorocaba!

Simão disse...

Existem coisas que só podem ser narradas depois que, de fato, acontecem, especialmente quando se trata de ir jogar na Coréia do Norte. Todos sabem as dificuldades de entrar naquele país, que tem o regime mais fechado do mundo. Se, como tudo indica, o Atletico Sorocaba conseguir esta façanha, não deixará de ser um fato épico, e que merece todo o apoio. O caminho de pioneiro, em todos os campos, sempre é algo extraordinário. E neste caminho do futebol, o Atlético Sorocaba estará fazendo história. Vamos torcer, esperar e ver o resultado. E por antecipação, nossos cumprimentos aos idealizadores e nosso respeito ao Clube por ter aceito este desafio.
O futebol deve servir a propósitos muito maiores do que somar pontos num campeonato. Aqui, com certeza, está a diferença do Atlético Sorocaba.
Simão

Paulo Lago disse...

É isso ai galo de Sorocaba!!!
Boas informações do nosso futepoca.

Boa sorte Sorocaba
Torcedor do galo
www.casorocaba.com.br

Glauco disse...

Quando começarmos a perder atletas para a Coreia do Norte será o fim do futebol brasileiro?

Anselmo disse...

Vai atlético? Só mesmo o de sorocaba.

CAIO disse...

SAO BENTO SERIA MELHOR!