Destaques

terça-feira, abril 06, 2010

Messi c#$%#$#@ fdp pqp!!!

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Cheguei no pub para ver Barcelona x Arsenal. O jogo tinha acabado de começar, eu estava encostada no balcão comprando cerveja e uma amiga catalã me acha. Trabalhamos juntas e ela não sabia que eu era Arsenal. Ela ensaia uma reclamação, mas eu logo digo: eu sou Arsenal, mas hoje não tenho esperança, dá Barça.
É claro que eu sabia. Antes disso, logo depois do empate em 2 a 2 em Londres eu disse pro companheiro: Tô com medo de levarmos uma goleada histórica na volta.
Mas não vou negar. O gol do Bendtner aos 18 do primeiro tempo deu aquela esperança. Há tempos não gritava tão loucamente por um gol (mais que os ingleses do pub. Torcida safada...). Eu não sou maluca pelo Arsenal, mas sair ganhando do Barcelona, fora de casa, numa situação dessas... eu não esperava mesmo, nem nos meus melhores prognósticos.
Foi por pouco tempo, porém.

Em torcendo contra - o que não é normal, pois tenho simpatia pelo Barcelona - não é mole admitir que o Messi destruiu. É mais fácil pensar que os desfalques do Arsenal pesaram muito. Esse time sem Arshavin, Gallas, Song, van Persie e principalmente Fabregas não é de verdade. É um arremedo. Mas, putaquepariu, esse argentino filho da mãe fez QUATRO. O primeiro gol foi um presente, em todos os outros ele estava sozinho. Queria poder culpar a defesa, mas ele estava sozinho pra pensar na intermediária porque ele sabe o que faz, não (apenas) porque o meu time deu mole.
Tática? Dá pro Messi que ele resolve. O Barcelona também estava desfalcado. Teve várias chances de gol, todas desperdiçadas pelos coadjuvantes do argentino. O jogo foi Messi contra a rapa.
Tá, mentira. Me impressionou a fome de bola do time catalão em todos os momentos. Todo mundo subia para abafar o Arsenal no campo de defesa, os ingleses não tinham tempo de pensar.
Não tem mais o que falar. Desde o final do primeiro tempo nossa única torcida era que alguém desse um chega pra lá no Messi pra tirar ele da Copa. Não me olhem com essa cara, daqui dois meses vocês também estarão torcendo contra ele!
Quanto à Champions League... bom, se não der Barcelona alguma coisa estranha vai ter acontecido no meio do caminho. Talvez alguém consiga dar um chega pra lá no Messi...
E agora eu vou tomar mais uma, que é o que resta.
Ah, o próximo jogo é Inter de Milão x Barcelona. A outra semi... oras, quem se importa?

12 comentários:

Victor disse...

Elogiar e exaltar o Messi é tanta obviedade que fico até sem o que comentar.
Deve ter sido meu comentário mais desprezível neste fórum.
Messi c#$%#$#@ fdp pqp!!!

Olavo Soares disse...

O Messi tá um absurdo mesmo. O que ele fez hoje foi mágico.

Nicolau disse...

O cara é cruel, impressionante. E gol de tudo que é jeito, rapaz. Mas o Barça joga muito também. Segundo o Mauro Beting, 69% de posse de bola. Não é pouco. E fico na situaçao contrária à da Thalita: tenho muita simpatia pelo Arsenal, mas prefiro o Barcelona.

Glauco disse...

O Barça e o Guardiola facilitam o jogo pro Messi, por isso pega tantas vezes na bola sem marcação. Tendo espaço pra pensar e correr, já era. Põe o Mano Menezes ou o Maradona pra ser técnico do Barcelona que vocês vão ver que o Messi brilharia muito menos, hehe.

Mas brilharia.

Blog do Carlão - Futebol é nossa área disse...

Como disse lá no blog, faltam adjetivos para qualificá-lo.

Leandro disse...

Pesquisas recentes puseram Tevez na frente de Messi no que se refere à predileção dos torcedores argentinos, e isso espantou a muitos.
Não me espantou. E não me espantou porque a razão desta predileção chega a ser até óbvia.
O argentino médio naturalmente sente-se orgulhoso com os feitos de Messi, mas não tem qualquer identificação com o jovem, que foi raptado por empresários a serviço dos colonizadores espanhóis antes do final de sua adolescência.
Bem diferente de Tevez, que viveu um grande pedaço de sua vida num arrabalde miserável, foi ídolo, o melhor jogador do mundo e protagonista de grandes conquistas no mais popular dos clubes argentinos, e de quebra, foi ídolo no mais popular dos clubes brasileiros, atuando num país próximo, também de terceiro mundo, e num clube de origem igualmente popular.
Ao mesmo tempo em que fico feliz por constatar que o futebol, tão fascinante que é, possibilita que grandes atletas o pratiquem contando com 1,55m ou com 2m, vindos de famílias ricas ou de famílias paupérrimas, e ao mesmo tempo em que me encantam as jogadas de garotos prodígios como Messi, Tevez ou Neymar, me deixa triste pensar que o argentino que hoje brilha no esnobe Barcelona poderia estar aqui pertinho agora, jogando o campeonato argentino (saudades das transmissões da TV Jovem Pan), a Libertadores, mais amistosos de sua seleção... Eu poderia vê-lo jogar no Pacaembu!
Infelizmente ele está a serviço dos mesmos alienígenas que depois, tardiamente para os padrões atuais, também acabaram por raptar Tevez.
Infelizmente, ele está gerando empregos e grandes alegrias para espanhóis. Está levando ao caminho das glórias e de mais prestígio e dinheiro um clube espanhol, e está longe de sua gente, que não o vê exatamente como um dos seus.
Guardadas as proporções, entristece da mesma maneira que entristece saber que muitos jovens latino-americanos vão ao Velho Mundo se prostituir ou trabalhar em subempregos para driblar a fome e as dificuldades oriundas de cinco séculos de exploração perpetrada exatamente pelos países de destino destes valorosos jovens.

Leonardo Kope disse...

eu add o seu blog na minha lista de favoritos,aDD o meu na sua kista , blz?
http://futebolcomnoticias.blogspot.com/

o meu blog antes era sobre o futebol carioca.

fuiii

Anselmo disse...

eu ia comentar até o leandro preferir o tevez.

rafael botafoguense disse...

tottenham>>>>>>>>arsenal

Marcos disse...

Buenas, eu fiquei sabendo do jogo quando entrei num táxi ontem à tarde e ouvi um berro de gol do Messi no rádio. Era replay, tava no intervalo, e não ouvi direito qual era o placar no momento. Quando vi o vídeo no post da Thalita, agora há pouco, fui seco pra ver o show do argentino, mas cliquei e apareceu um broxante "Este vídeo não está mais disponível devido à reivindicação de direitos autorais UEFA". Logo, fico sem comentários.

Thalita disse...

será que eu tava bêbada quando escrevi o post?
Bom, Marcão, troquei o video, pode ver agora. Só tem os gols, bem rapidinho. Mas dá pra ter uma ideia.

Marcão disse...

Valeu, Thalita! Show de bola. Todos golaços, mas o primeiro e o último foram 100% atitude e iniciativa unicamente de Messi. Impressionante.