Destaques

terça-feira, novembro 30, 2010

Nova pelada do Futepoca OU Ai, minha perna!

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Da esquerda pra direita, em pé: Frédi, Anselmo, Maurício e Glauco; sentados: Marcão, Thalita e Nicolau (falta Brunna, a "8ª passageira", que chegou mais tarde e aparece na foto abaixo)


Quase três anos após o primeiro vexame, digo, churrasco do Futepoca, nossa equipe entrou novamente em quadra no sábado, dia 27, no condomínio do Glauco, para mais um tradicional "quebra-canela" (que quebra mesmo!). Como desculpa pra beber, os anfitriões Glauco e sua companheira Cris providenciaram churrasco, farofa e pães, com estoque abastecido pelo Anselmo, mas os alvos principais dos convidados foram mesmo as cervejas (de várias marcas e tipos), pinga (pra batida) e uísque (irlandês). O que atraiu, além dos três citados, o Frédi, a Thalita e seu companheiro Victor "Alemão", o Nicolau e sua companheira Débora, o Maurício, sua companheira Cris e seu filho Chicão, eu (Marcão), minha companheira Patricia e minha filha Liz, e a Brunna (foto ao lado), que, como dito, chegou depois.

Buenas, a pelada futebolística começou com as seguintes formações: de um lado, Glauco no gol, Nicolau e Alemão na linha; e de outro, Liz no gol, Marcão, Frédi e Thalita (o fato de termos uma menina de 8 anos no gol justificava ter um jogador a mais). Entre caneladas, encontrões e lances patéticos, muitas boas jogadas, tabelas, triangulações e gols, fora as defesas arrojadas que o Glauco sempre reserva para essa ocasiões - e registrando que a Liz também fez uma ou outra defesa improvável. Eu fui o primeiro a desistir, porque era muito desperdício deixar tanta cerveja esquentando. Depois voltei para tirar a Liz do jogo, pois, com o entusiasmo etílico, as boladas ficaram mais perigosas.

Grosso como só eu consigo ser, já tinha (involuntariamente) distribuído alguns pontapés, mas o castigo veio na sequência. Num lance em que o Nicolau saiu na cara do gol, estiquei a perna e senti a agulhada no mesmo segundo. Distendi o músculo da coxa, surgiu um ponto quase preto de tão roxo no local e tive que passar o domingo todo na base do gelo e pomada. Isso me convenceu a deixar definitivamente a quadra e me dedicar só aos trabalhos manguacísticos. Foi aí que apareceu o Maurício e, mesmo com uma inseparável latinha na mão, protagonizou os melhores dribles, assistências e gols do entrevero, comprovando suas habilidades de ex-boleiro.

Frédi também marcou um golaço, Thalita mostrou seu talento, Glauco foi pra linha pra também anotar os seus e as tabelas entre Nicolau e Alemão renderam outros tentos. No final, até o Chicão entrou na quadra para bater uma bolinha. Finda a refrega entre as quatro linhas, e com a chegada do Anselmo e da Brunna, todos se uniram na confraternização dessa grande família que é o Futepoca. Deixando aqui um grande abraço ao camarada Olavo Soares, mirando 2011 com a perspectiva de novos projetos e com a esperança no futuro simbolizada pelo Chicão e pela Liz. Abraços e beijos a todos - e mais algumas imagens abaixo:

A anfitriã Cris tentando fazer o Glauco comer, em vez de só beber

Papai Maurício entretido com algum brinquedo do filhão Chicão

Goleira Liz, que segurou a bronca no meio dos marmanjos, e Patricia

Cris, mãe do Chicão, sendo recepcionada pelo Victor "Alemão"

Patricia, Débora e Frédi vistos por quem já tinha caído (eu)

Parte do Frédi, Glauco, Cris e a atrasada Brunna Rosa

Voto de boas festas dos futepoquenses para os leitores e colaboradores

7 comentários:

Nicolau disse...

Rapaz, corri pra caramba esse dia! Em certo momento, ouvi um estalo no joelho direito que me preocupou, mas consegui voltar a jogar. O fato de estar dolorido até agora é um pequeno detalhe, hehe! E o Marcão esqueceu de mencionar que marquei um belo tento de calcanhar que se não me engano passou por entre as pernas do escriba, hehe! Valeu pelo post e pelas fotos, Marcão! Valeu todo mundo!

Maurício Ayer disse...

Agradeço antes de mais nada os muito pouco merecidos elogios do comentarista e inclusive o título de ex-boleiro.

Foi uma festa bonita da democracia, do futebol moleque e da manguaça fraterna.

Uma inovação deste ano foi o uso da tecnologia super-slow no jogo, não nos equipamentos de transmissão mas nos próprios manguaças. Nunca o jogo foi tão, digamos, cadenciado. O que não evitou, conforme testemunhos, as contusões e outras patacoadas.

Valeu Marcão por mandar esse abraço futepoquense a toda a comunidade internáutica.

Maurício Ayer disse...

Aliás, vale comentário pela qualidade das fotos.

As da partida representam perfeitamente o dinamismo da peleja.
As seguintes, a embriaguês da manguaçada.

Parabéns.

Marcão disse...

Propriedade da máquina fotográfica, iniciativa de levá-la e crédito pelas imagens: Patricia Ferreira.

Thalita disse...

A bolha no dedão ganha depois de jogar com sapatilha de plástico não me deixa esquecer do evento.
Valeu pelo post e pelas fotos, Marcão. Manguaçada memorável.

fredi disse...

O Marcão entregou todo mundo.

Valeu a todos, que venha mais um ano de Futepoca...

John disse...

ralph lauren uk
coach outlet online
coach factorty outlet
ray-ban sunglasses
timberland boots
coach outlet store online
gucci bags
michael kors outlet
tods outlet
michael kors outlet
asics outlet
kevin durant shoes 8
ray ban wayfarer
beats wireless headphones
ugg outlet
adidas superstar
lebron james shoes
polo ralph lauren
toms shoes
nfl jerseys
michael kors outlet clearance
gucci outlet
cheap nfl jerseys
lebron james shoes
nike air max
jordan 11s
coach factory outlet
louis vuitton
christian louboutin sale
louis vuitton handbags
kobe bryant shoes
louis vuitton
jordan concords
2016323yuanyuan