Destaques

quinta-feira, fevereiro 28, 2013

Nova cara do Corinthians funciona contra Millonarios

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Mais um do Pato, outro do Guerrero

O Corinthians se incomodou menos com o Millonarios e mais com todo o resto que cercou a vitória por 2 a 0 desta noite no Pacaembu. O vazio do estádio, quebrado por quatro pessoas garantidas pela Justiça, parecia ser um adversário mais temível. De todo modo, ganhamos e vamos pra frente.

A formação imaginada aqui, aconteceu nesta quarta, com Tite sendo ajudado pela contusão de Jorge Henrique e os atrasos de Sheik. Os dois deram lugar a Renato Augusto e Pato, mudando pra valer a cara da equipe campeã do mundo.

O meio campo com Renato e Danilo tem mais toque de bola e cadência, ajudando a manter a posse. Conta com o auxílio constante de Paulinho pelo meio para armar as jogadas de ataque. Danilo jogou muita bola, especialmente no primeiro tempo. A liberdade para trocar de lado com Renato Augusto caiu como uma luva para sua inteligência tática. Renato começou bem, mas sumiu durante a partida. Merece novas chances.

Na frente, Guerrero fica mais parado na área, enquanto Pato fica livre para se movimentar – e os dois invertem posições. O ex-milanista mostrou bom futebol, com chances, passes, dribles e um gol.  No meu time, é titular sem discussão. Ao lado, Guerrero fez mais um, mostrando a presença de área que o trouxe até aqui. Fora da área erra mais e mostra que habilidade não é seu forte, mas tem passe bom o bastante para criar alguma coisa.

Pato fez um e teve mais duas chances claras. Além disso, deu bons passes (uma tabela com Danilo se destaca) e ajudou bastante as tramas do ataque. Pensemos que ele jogou apenas seu segundo jogo completo com o time titular. O rapaz tende a evoluir bastante ainda, o que quer dizer mais gols e mais assistências.

No cômputo final, o Corinthians ganhou com autoridade. Refletiu a frieza dos estádios vazios em um estilo de jogo metódico e numa dupla de ataque mortal. Um time que tende a melhorar.

5 comentários:

Anselmo disse...

estádio vazio é triste. até quando é o corinthians jogando.

mas concordo com a punição.

Marcos Futepoca disse...

Agora, das duas, uma:

1 - Ou a Conmebol toma alguma medida sobre os quatro torcedores que assistiram a partida no Pacaembu, por força de liminar (o delegado da entidade, presente no estádio, disse que ia fazer relatório desse fato):

ou

2 - No próximo jogo do Corinthians, em casa, milhares vão aproveitar o precedente e entrar com liminares também (individuais ou coletivas).

Em resumo: que confusão...

Glauco disse...

A diretoria do Corinthians tentou convencer os caras a não entrarem no estádio par anão gerar confusões futuras, convenceram só dois. Curioso é que os torcedores fazem parte do mesmo grupo político dos dirigentes do clube.

Nicolau disse...

Não vejo bem o que a Conmebol pode fazer. O clube não entrou na Justiça, foram indivíduos. Mas como a pena de fato ainda não foi definida pelo tribunal, podem mudar para outro estádio ou coisa parecida.

Nicolau disse...

PS.: Gostaria bastante que esse caso deixasse de produzir fatos novos pra gente poder falar de futebol de novo. É o tipo de coisa que não tem que ter discussão, tem que ter uma regra clara e sua aplicação.