Destaques

quarta-feira, julho 03, 2013

'Chutão pro centroavante brigar'

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

São Paulo em abril de 1954: Em pé, da esquerda para a direita: De Sordi, Pé de Valsa, Clélio, Poy, Turcão, Nilo e o 'mordomo' Serroni; Agachados: Haroldo Cristofani, Dino Sani, Gino, Rodrigo e Canhoteiro

" - O São Paulo é um time de vagabundo, né, vamos dizer. Porque tem jogador lá que não merece usar a camisa do São Paulo. Citar nome a gente não cita... Mas tem jogador que não chega nem ao calcanhar do antigo."
Haroldo hoje (reprodução de foto de Reginaldo Castro/Lance!)

" - Hoje o futebol está bem diferente. A marcação mudou muito. Você via o Luizinho no Corinthians, Dino e Negri no São Paulo... Tocavam e sabiam o que faziam. Hoje não, toca pro cara e ele dá um chutão pro centroavante brigar."

" - Luís Fabiano? Pra mim, ele jogando ou não é a mesma coisa. Ele fica parado lá na área, espera a vontade dos outros para fazer o jogo..."

Haroldo Cristofani, 79 anos, ex-ponta-direita do São Paulo entre 1953 e 1955 - Disputou 50 jogos, 29 vitórias, 10 empates, 11 derrotas, 12 gols marcados.

(Declarações a Bruno Rodrigues e Lui Spolador, do jornal Lance!)

0 comentários: