Destaques

segunda-feira, agosto 04, 2014

Haja 'danone'!

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

'CR-7': todos na campanha 'Ão-ão-ão, Caça-Rato é seleção!'
 Recentemente, conversando com um colega carioca sobre o "bom-mocismo" e o "sem-gracismo" no cenário atual do futebol brasileiro (frutos do abominável "politicamente correto" que impera desde as categorias de base até a seleção), começamos a pensar sobre quem fugiria desse perfil no país. E o único nome que veio à tona, por incrível que pareça, foi o do Flávio Caça-Rato, que, por usar a camisa 7, é ovacionado como "CR-7" pela torcida do Santa Cruz. Pois é, vivemos uma fase de escassez de jogadores folclóricos, engraçados, personalistas, "fora da curva" - em resumo, fora da mesmice vigente.

Chulapa e um amigo na 'Festa do danone'
Simbolicamente, um exemplo clássico (ou melhor, cRássico) desse tipo de atleta está prestes a pendurar as chuteiras: Aloísio José da Silva, o impagável Chulapa. Apesar de dizer que ainda pretende defender o Sport Santo Antônio, de sua cidade natal, a alagoana Atalaia, a vida que vem levando - e expondo publicamente - desde o início do ano leva a crer que isso será muito difícil. O perfil de Aloísio no Instagram virou "febre" entre os internautas, e preferencialmente entre os biriteiros: invariavelmente, ele aparece com cerveja na mão (que apelida carinhosamente de 'danone') e em várias situações de embriaguez. O (ex)jogador chegou até a promover, em Atalaia, uma "Festa do danone" (!). Visivelmente fora de forma e sem vergonha nenhuma de ser feliz, Aloisio Chulapa, aos 39 anos, publica fotos de bebedeiras explícitas e cultua o 'danone' como poucos:

Sem medo de ser feliz: Chulapa 'curtindo a vida adoidado' (ou embriagado)
Na casa da irmã, agradeceu homenagem e 'caixa de danone' que o esperava


Com Alex Dias: 'duss hora da manha olha que minha mãe fís pra um prinspe'
'Café da manhã' do Chulapa, hoje em dia, é pipoca com (mais) 'danone'
Tanta esbórnia faz com que o (ex)jogador tome 'soro' na veia de vez em quando...
A árvore na frente da casa do Chulapa, num dia de jogo da seleção na Copa do Mundo


Atração musical na casa do folclórico alagoano é o CD 'Forrozão Pé de Cerva'
Colega de Flamengo (e de copo), Chulapa chamou Adriano de 'Torre Gêmea'
De espada em punho, atacando (mais um) carregamento de 'danone' e biritas
Chulapa escreveu: 'Enquanto o povo me incomoda eu vou morrer com meu danone'

0 comentários: