Destaques

sexta-feira, janeiro 30, 2009

O Santos não merecia os 100%

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Por volta dos 47 minutos do segundo tempo, eu já tinha definido o título que daria ao meu post no Futepoca a respeito do jogo do Santos de ontem: "100%, mas sem brilho". Eis que uma falha dupla, iniciada por Roberto Brum e completada por Fábio Costa - e, claro, com méritos pro adversário Wesley - fez com que o jogo terminasse empatado e os 100% do Santos no Paulistão fossem pro espaço.

O resultado acabou por coroar o que foi a partida. O Santos esteve longe de apresentar um bom futebol, tanto no primeiro quanto no segundo tempo. O Mirassol também não fez nada de útil - mas, convenhamos, essa obrigação cabia para o time da Vila, que jogava em casa e é o time grande da parada.

Lúcio Flávio fez sua quarta partida pelo Santos. E seu quarto jogo ruim. Tem lembrado os piores momentos de Rodrigo Tabata pelo Peixe, com um futebol sonolento, pouco criativo e, acima de tudo, improdutivo. Roni vai confirmando cada vez mais que o equatoriano Bolaños precisa antecipar sua estréia e Triguinho também colabora para que Léo assuma a lateral-esquerda do time com ares messiânicos.

E olha que a zaga, formada pelos rejeitados Adaílton e Fabão - ambos chegaram a anunciar a saída do Santos, mas ficaram, e foram titulares ontem - não comprometeu. O ponto de falha do Santos esteve no meio-campo pouco criativo e nos laterais que não souberam ser opções ofensivas.

Enfim, que venha o Ituano, e que o Santos acorde. O resultado de ontem foi pior em "termos morais" do que se pensarmos no prejuízo na competição. Mas ligou o sinal amarelo.

6 comentários:

Filipe Araújo disse...

Tamanha foi minha surpresa quando vi o grande Finaaaaaaazzi com a camisa do Mirassol.

Vai gostar de correr atrás de bola assim, hein? Tá loco! jaja

Saludos!

http://gambetas.blogspot.com

Caio Andreolli disse...

Que adianta contratar e manter um covarde no comando do time?

Nos dois jogos na Vila, tirou o roni e botou um volante. Tem medo do q?

Os laterais naum existem, lúcio flávio jogou recuado e como volante.

O Peixão não pode continuar com esse maluco. O MF tem q vazar, e se possível levar o MT com ele.

Santos Sempre Santos.

Sobre o Futebol Carioca disse...

O SANTO AINDA NÃO É 100% MESMO NÃO.
AFI MDE TROCAR DE LINKS?
EU COLOCAR O SEU E VC COLOCAR O MEU NO SEU BLOG?

Marcão disse...

Eu não sei o que acontece com certos jogadores que, em São Paulo, não são nada demais, e no Rio de Janeiro, brilham e são aclamados. O Lúcio Flávio é um caso desses: jogou bem pelo Botafogo mas, no São Paulo - e agora no Santos - não disse ao que veio. Será a praia, a paisagem e a mulherada do Rio que animam os caras?

Nicolau disse...

Olha, Marcão, esses são fatores para animar uma pessoa, sem dúvida. Perguntao: existem casos contrários, ou seja, jogadores que rendem em SP somem quando vão para o Rio? Lembrei agora da passagem do Vampeta pelo Flamengo, mas não sei se é por aí.

Glauco disse...

Tudo bem que o Santos não mereckia, Olavo, mas o Corinthians também não, pelo que está no post abaixo. E quantas partidas você não viu do São Paulo nos últimos anos em que ele não merecia ganhar e mesmo assim ganhou? O que não precisava era o Brum falhar e o Fábio Costa frangar...