Destaques

sexta-feira, janeiro 30, 2009

Tipos de cerveja 27 - As Bock

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

A origem da cerveja Bock é um mistério. Uma das justificativas para seu surgimento remete às práticas ancestrais dos mosteiros medievais germânicos, locais onde se produzia uma cerveja forte e nutritiva que ajudava os monges a suportar os períodos de jejum, quando era proibido ingerir comida sólida. Quanto ao nome, alguns teóricos acreditam que a palavra Bock é apenas a abreviatura de Einbeck - nome de uma pequena cidade da Saxônia, onde existe uma cervejaria homônima de 600 anos. Daí teria teria derivado para Beck e, mais tarde, Bock. Outros preferem optar por uma explicação mais mitológica e antiga, referindo que certos povos, procurando o auxílio e a protecção dos deuses, produziam a sua cerveja apenas durante o signo de Capricórnio, um gênero de cabra (sempre desconfiei que meu signo tinha alguma coisa a ver com cerveja...). E cabra, em alemão, é justamente Bock. Quanto à cerveja na atualidade, é substancialmente mais forte do que uma Lager, mais robusta, com uma maior presença de malte e mais escura, podendo chegar a tonalidades castanhas. "O volume de álcool varia entre 5,5% e 7,5%, sendo que o grande destaque vai para a sua suavidade, transmitida não só pelo malte como também pelo fato de descansar alguns meses antes de ser consumida", comenta Bruno Aquino, do Cervejas do Mundo. Vale experimentar a Utrechts Bok, a Chouffe Bok 666 e a Brasal Bock.

3 comentários:

Anselmo disse...

as bock são famosas no brasil porque em determinado momento várias marcas puseram bocks no mercado, com muita propaganda. minha resistência a provar as de qualidade vem daí.

charlesdance disse...

Na Turquia a palavra 'bock' significa merda. Mas a cerveja principal de Portugal chama-se Superbock..e os coitadinhos dos alemaes adoram comer o bockwurst...

Marcão disse...

Eu penso que 7,5% devia ser um patamar mínimo de álcool nas cervejas.