Destaques

quarta-feira, março 25, 2009

Som na caixa, manguaça! - Volume 36

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

MELÔ DO BÊBADO
(Composição: DJ Marlboro)

Mc Batata

1, 2, 3
você foi na minha casa me chamando de safado
dizendo pra minha família que só ando embriagado
embriagado é minha sina, eu nasci pra ser bebum
vô te dá uma boa ideia se pagar 51

Óóóóóóó, a-a-á, bebo (ic!) cachaça
Óóóóóó, a-a-á, bebo (ic!) cachaça

na barriga da mamãe planejaram sem dinheiro
que eu seria um grande homem invés (sic) de um cachaceiro
mas meus pais se embriagavam, gravidez, que desespero!
os desejos só passavam tomando Velho Barreiro
no dia do nascimento levei meu primeiro tapa
e chorei o tempo todo com a cara de babaca
minha mãe não aguentava, disse: "-Que coisinha chata!"
descobriram, era dengo pra brincar com uma garrafa

Óóóóóóó, a-a-á, bebo (ic!) cachaça
Óóóóóó, a-a-á, bebo (ic!) cachaça

na hora do batizado não usaram água benta
me jogaram uma bebida que ardia igual pimenta
e o padre assustado disse: "-Que coisa nojenta!"
vendo eu passar a língua lambendo licor de menta
as chupetas só viviam mergulhadas num potinho
dentro, um Rabo de Galo - só para pegar um gostinho
Rabo de Galo para pegar um gostinho
de Pitu, Fogo Paulista ou então de Tatuzinho!

Óóóóóóó, a-a-á, bebo (ic!) cachaça
Óóóóóó, a-a-á, bebo (ic!) cachaça

e o tempo foi passando, fui deixando de pirraça
"gente boa" me chamavam, fui ficando um boa praça
mas a turma só dizia: "-Dos vinte, você não passa!"
nesse ritmo o seu fim é afogado na cachaça
já fizeram é de tudo pra tentar me convencer
que a cachaça é uma desgraça, pouco tempo vou viver
na sarjeta me encontraram, não lembro fazendo o quê
eu só lembro de um cachorro a minha cara lamber

Óóóóóóó, a-a-á, bebo (ic!) cachaça
Óóóóóó, a-a-á, bebo (ic!) cachaça

você diz pra todo mundo que o de "bêbo" não tem dono
adormecido com a bebida, eu não sei se eu vou ou "fomo"
te garanto, eu não reclamo, desse jeito eu também como
eu só bebo, bebo, bebo, mas às vezes também como
a primeira namorada só andava do meu lado
dizendo que eu era lindo mas um pouco acanhado
ela era muito quente, tinha um fogo danado
para encarar a fera, só tomando um traçado...

Óóóóóóó, a-a-á, bebo (ic!) cachaça
Óóóóóó, a-a-á, bebo (ic!) cachaça

profissão copo na mão, provador de caninha
isso é um dom e não fique de gracinha
quando pego a Praianinha só confiro se é purinha
se for de primeira linha bebo até com a tampinha
agora vou pra casa desfazer essa quizumba
você, pra fazer fofoca, é pior do que o Bussunda
se você ficar me olhando com essa cara de bunda
vou mandar você tomar...Pirassununga!

Óóóóóóó, a-a-á, bebo (ic!) cachaça
Óóóóóó, a-a-á, bebo (ic!) cachaça

e se você tivesse no meu lugar, o que você faria?
você ia beber ou não ia?
tem que me dar um pouquinho de razão, eu não bebo demais
eu bebo só um pouquinho!

(Do LP "Funk Brasil", Polydor, 1989)

5 comentários:

Glauco disse...

A música é um primor, de fato. Quem quiser ouvir (vale a pena) clique aqui .

olavo disse...

Sensacional.

Anselmo disse...

funk brasil de 1989? rapaz...

Nicolau disse...

Acabaram com o funk arte...

Marcão disse...

É considerada a primeira coletânea do estilo lançada no Brasil, Anselmo. Confira no link:

http://thunderdjrj.blogspot.com/2008/02/funk-brasil-dj-marlboro-vinyl-1989.html