Destaques

domingo, novembro 22, 2009

A fama de um manguaça

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Há momentos em que a gente se dá conta de que está com a imagem de bêbado na família, no trabalho e entre amigos. Não é o caso dos fóruns em que os membros do Futepoca se encontram, já que ninguém aqui toma os outros por ébrios – tomam cachaça, alguém vai dizer.

Cito três episódios que aconteceram com a minha pessoa.

Almoço de terça-feira, saladinha farta, refeição equilibrada, mas zero álcool. Entre folhas de agrião e rodelas de tomate, fico pensando que eu precisava mesmo era de um copo de cerveja. Mas não vai ser hoje. Toca o celular com uma mensagem de texto de uma parente:

– Oi. Vou comprar 1 cxa de cerveja p almoço em q vamos receber 10 pessoas no sábado. Pfavor, dê dicas d marcas boas p eu comprar no mercado hj.

Fico pensando por que será que fui eu o escolhido para a consultoria. Aí me lembrei de outro episódio.

Era um outro evento familiar, mas eu não queria levar goró. Queimaria meu filme, eu pensava. Como suco e refrigerante são proibidos pela minha religião resolvi, diante do tipo de convescote, que só caberia levar um doce. Decidi-me por uma torta qualquer. Na hora da sobremesa, entre os elogios educados, alguém assoprou:

– E tem uma bebidinha no recheio.

Sem tempo para palavras medidas, algum cunhado emendou:

– O que você esperava de um doce feito por ele?

Sem moral.

Só não foi pior do que receber, no trabalho, uma amostra grátis de gel pós-barba de uma marca chamada "Antídoto", de aroma "Tangerina, Rum & Mel".

Como a última vez em que eu fiz a barba foi há quatro anos, acho que o recado foi outro.

Agora, por que "Antídoto"?

3 comentários:

Marcão disse...

Uma caixa de cerveja para dez pessoas?!!??!!??? Que almoco e esse??? De evangelicos???

Agora, excelente a paranoia (ou delirium tremens) do DeMassad. Eu tambem sempre tive o filme queimado com a parentalha, com a atenuante dos primos, tios e cunhados que sao muito mais manguacas do que eu - serio!

A mais nova piada, na familia, e o fato de eu estar trabalhando num hotel abastecendo os bares. Ninguem acredita que eu estou do outro lado do balcao...

ageu disse...

Caro "Mossad",

Já que o Palestra jogou a toalha, vou te arrumar um convite para sócio da Flamanguaça. Vai uma camisetinha aí?
PS - Adorei a croniqueta. Curta e boa!

Glauco disse...

A pergunta que não quer calar: Anselmo, você já usou a loção pós barba (pelo menos pra aparar a referida)? Ou misturou com cachaça e mandou ver?