Destaques

quarta-feira, novembro 25, 2009

Belluzzo: 'Vamos matar os bambi!'

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Antes mesmo de ter ameaçado dar uns tapas no juiz Carlos Eugênio Simon e ser suspenso pelo STJD, o presidente do Palmeiras, Luiz Gonzaga Belluzo, já havia demonstrado seu "instinto selvagem". Um vídeo que circula pela internet mostra o dirigente numa festa de uma das torcidas organizadas do alviverde paulistano, em 17 de outubro, gritando ofensas contra o São Paulo:

- Vamos matar os bambi (sic)! Eles já morreram hoje! (veja o vídeo aqui)

Na época, o Palmeiras era líder, com 54 pontos, e o time do Morumbi estava cinco atrás. No dia seguinte, porém, o time de Belluzzo perdeu para o Flamengo por 2 a 0 em pleno Palestra Itália e, depois disso, degringolou. Hoje, ocupa o quarto lugar, três pontos atrás do líder...São Paulo.

Sou contra esse tipo de policiamento, mas que ele morreu pela boca, morreu. Talvez tenha sido empolgação de cachaça, que sempre rola forte nessas festas de torcidas organizadas. Ele até justificou, mas nem precisava. Deixa o homem, pô! Mas curiosa foi a reação parcimoniosa do superintendente de futebol sãopaulino, Marco Aurélio Cunha:

- Se fosse qualquer outra pessoa, todo mundo estaria descendo a lenha, mas o Belluzzo tem crédito. Cometeu este deslize, mas com o tempo vai aprender e não fará mais isso. Comentei com um amigo: é como vinho, para ficar bom tem de envelhecer. No futebol é assim, a experiência vem com o tempo.

Como se Marco Aurélio, com mais de uma década de cartolagem, não dissesse ou fizesse besteiras similares com vexaminosa frequência...

4 comentários:

Leandro disse...

Já vi coisa tão grave ou até pior.
O lateral Kléber, hoje no Inter e na ocasião, no Santos, puxou um coro que chamava o clube que o revelou de "Galinha Preta," numa festa de torcida, certamente no afã de fazer média com o pessoal.
Que um cabeça oca como o Kléber faça coisa assim é até de se esperar, mas de uma cabeça pensante como a do Beluzzo, só muito mé mesmo pode justificar.

Glauco disse...

Na boa, que mundinho 1984 a gente tá vivendo... O cara falou uma provocação besta numa festa, coisa que já qualquer um que escreve ou comenta aqui já fez, vai lá um cara, grava e circula na internet.

É bem diferente de dizer as coisas diretamente pra imprensa, como o Marco Aurélio Cunha faz, chegando a "esquentar" clássicos que já têm naturalmente grande possibilidade de descambar pra violência. Deixa o homem festejar e tomar as dele!

Anselmo disse...

o marco aurélio cunha fez uma piada pra devolver na canela. nao teria nenhuma outra forma de canelar o Belluzzo a nao ser minimizar o caso.

agora, o belluzzo, como metade do time do palmeiras, se achou campeão antes da hora. e trouxe vagner love só pra ter certeza. coincidência ou não, descambou.

agora, deixa o hômi manguaçar...

Edison Junior disse...

Beloser.