Destaques

domingo, novembro 08, 2009

Visão de longe: pintou o campeão?

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

O resultado mais significativo deste final de semana, pelo Brasileirão, não foi a derrota do Palmeiras para o Fluminense, com a providencial ajuda de Carlos Eugênio Simon. Para mim, a consistente vitória do Flamengo sobre o Atlético-MG, fora de casa, foi o sinal mais claro de que pode estar pintando o campeão. O elenco da Gávea demonstrou que está com muita gana de erguer o caneco e provou para sua torcida, com uma atuação convicente, que "agora vai" nessa reta final. Uma vitória dessas dá muita moral. Apáticos, o São Paulo não tem time nem técnico para uma arrancada rumo ao título, o Palmeiras está em franca decadência e o Atlético-MG, mais uma vez, pipocou. E a tabela, na minha modestíssima opinião, favorece os cariocas.

Porém, na próxima rodada, acredito que nenhum dos quatro primeiros colocados terá dificuldade para vencer seus compromissos. O Palmeiras bate o Sport no Parque Antartica, assim como o São Paulo fará o dever de casa contra o Vitória. E Atlético-MG e Flamengo, mesmo jogando fora, vão atropelar os frágeis Coritiba e Náutico. Portanto, nenhuma alteração no topo.

A hora da verdade será mesmo a 36ª rodada. O Palmeiras terá um confronto complicado com o Grêmio, em Porto Alegre, e o São Paulo irá ao Rio de Janeiro enfrentar o Botafogo, podendo provar do mesmo veneno (arbitragem) que o alviverde provou contra o Fluminense. Minha aposta: líder e vice perdem. E o Atlético-MG empata com o Internacional. Por isso, acho que o Flamengo vence o Goiás e assume a ponta.

Na penúltima rodada, Atlético-MG e Palmeiras se enfrentam. Acho que os paulistas ganham. O São Paulo até pode vencer o Goiás em casa, mas o Corinthians entrega o jogo para o Flamengo - com o unânime aval de sua imensa torcida. Aí, na última rodada, o Botafogo vence o Palmeiras, o Atlético-MG vence o Corinthians, o São Paulo vence o Sport e o Flamengo bota a faixa no peito com uma vitória sobre o Grêmio, num Maracanã completamente lotado. Para glória de Andrade, Adriano e Petkovic.

Final: Flamengo campeão, 69 pontos; São Paulo vice, 68; Palmeiras terceiro, 64; Atlético-MG quarto, 63. Alguém aí tem outra teoria palpitológica?

13 comentários:

Douglas disse...

Simon anulou erroneamente o gol palestrino. Mas o escanteio que deu origem ao polêmico tento também foi inventado pelo lambão de apito. Ainda que as mesas redondas estejam passando ao largo desse detalhe... No mais, o erro está ajudando a mascarar o que foi a arbitragem: péssima para os dois lados.

Maurício disse...

Se existe um Deus, que ele ouça o Marcão.

ageu disse...

Se se confirmar essa inteligente análise - mesmo tendo um verniz especulativo (quem não especula nessa tribuna?), divido meu uísque com você,Marcão. No Café dos Bancários, na S. Bento! Meeeennnngoooo!!!!!

ageu disse...

A emoção foi tanta que esqueci até do hífen...riririri

Leandro disse...

Entregar jogo é com outro time pseudo-popular que joga de vermelho e que fica lá no sul do país, caro Marcão.
Abandone essa idéia que o Timão e, creio eu, a maioria de sua torcida não aceita.
Isso é coisa para gente do naipe do Fernandão, do Sobis, do Fernando Carvalho e de outros do Entregacional de Porto Alegre.
Mas essa já é uma outra história, e a bem da verdade nem faz mais tanto sentido, pois eles já foram devidamente punidos por isso.
Agora, depois do Cruzeiro perder para o quase morto Fluminense da forma que perdeu, o Atlético Mineiro, com tudo para virar líder, tendo vendido todos os ingressos no meio da semana, consegue outra façanha. Outro "mineiraço".
Tudo bem que, desta vez, contra um time de mais gabarito, se comparado ao Fluminense, mas quem quer ser campeão não pode perder um jogo assim num Mineirão abarrotado.
Conforme já escrevi aqui, que a mineirada não fique depois inventado "causos" que envolvem manobras diabólicas do imaginário eixo Rio/São Paulo p/ justificar as trolhas fumegantes que seus times levam em momentos cruciais.
"Libertas Quæ Sera Tamen", caros mineiros!

Anselmo disse...

acho improvável o flamengo embalar.

Gustavo Martinez disse...

Marcão, tô contigo. Depois de ontem acho que ninguém segura o Urubu da Gávea. O desejo da CBF é de que o Brasileiro não fique mais uma vez com um time paulista. E nesse caso o desejo é praticamente uma ordem. Não nos decepcionemos se testemunharmos muitos outros apitos polêmicos nessa reta final de campeonato. Eu tava torcendo pro Galo, pela simpatia que guardo da tradicional charanga que anima a torcida atleticana e por compartilhar as cores do meu timão. Mas depois de ontem ... é Meeeeeeengo.

Nicolau disse...

O sãopaulino Marcão deixou de lado o fato de que, fora o desesperado Botafogo, seu time não tem nenhuma pedreira pela frente e é agora o líder da competição. Se ganhar os quatro jogos, leva o título... E vai Mengo!

mb disse...

se o São Paulo F.C. não tem técnico nem treinador para ser campeão, quem tem????? Flamengo?!?!?!?!?!?!? Vc tá parecendo o Casão... numa hora o Palmeiras não vai nem prá libertadores, outra hora vai ser campeão, é mutio coracionismo...(inventei RSRS).

thiagoferreiracoelho disse...

Discordo de uma coisa: corintiano não dá aval para o próprio time entregar partida. Como corintiano, acho revoltante e repugnante a ideia de torcer contra meu time, achar uma vitória ruim ou apoiar que o time faça corpo-mole e perca.

Faço até uma ponderação: uma derrota que coloque água no chope dos rivais até que não seria muito lamentada, mas torcer por uma derrota do Timão ou admitir que os atletas entreguem o jogo? Prefiro que o esporte deixe de existir!

fredi disse...

Marcão, só vi o comentário hoje. Mas queria saber o que vc bebeu para tanto palpite?

Não acho o Flamengo com pinta de campeão não. Está na mesma gangorra dos outros times. Perdeu, por exemplo, para o Barueri.

No domingo, jogou bem e mereceu ganhar contra meu Galo.

Dizer que o galo pipocou é um pouco demais. Tomou um gol olímpico e teve de ir para cima, daí o Flamengo matou o jogo no contra-ataque. Simples assim.

Só uma pergunta, quando o galo ganhou no Morumbi, há poucas semanas, o São Paulo pipocou?

Acho que não, apenas o Atlético jogou melhor aquela partida.

Marcão disse...

Opa, Fredi, tambem demorei pra ver teu comentario. Bom, acho que o Sao Paulo pipocou, sim, por estar jogando em casa, diante da torcida e contra um adversario direto. O Galo jogou melhor, sem sombra de duvida, mas e ai que tem que entrar o tal espirito vencedor de reta final de campeonato, em que, se nao vai na bola, ganha na raca. Acho que ali o Sao Paulo pipocou (poderia estar 3 pontos a frente hoje e com uma das maos na taca) e que vai pipocar nesses ultimos quatro jogos. Ja o Flamengo perdeu para o Barueri fora de casa, o que nao e tao surpreendente, pois o time do interior paulista fez um bom campeonato, com bom aproveitamento em casa, e aquilo foi ate o que podemos chamar de "derrota na hora que podia perder", pra chamar a atencao do elenco, despertar de vez. Repito: a vitoria sobre o Galo no Mineirao lotado, a 4 jogos do final do torneio, tem um peso gigantesco. E o caminho do Flamengo na tabela, como o Anselmo observou antes de mim aqui no blog, e mesmo mais suave. Mas veremos. So palpitei. Abracao.

Gustavo Martinez disse...

Marcão. Você, homem de mil faces coladas na capa de um caderno, cantador de Vinícius, deixa de mencionar a 'dívida moral' do Corinthians com o Flamengo, quando da contratação do Ronaldo. Com o empenho e com a influência do Fenômeno, o Timão, mesmo contrariando a vontade do leitor/comentarista Thiago, vai pagar essa dívida fazendo corpo mole no embate entre os dois times. Infelizmente não acho que esse campeonato vai ser decidido em campo. Abração.