Destaques

sexta-feira, março 08, 2013

São Paulo é Galo na Libertadores!

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Só o Galo salva! A vitória do Atlético-MG por 2 a 1 contra o boliviano The Strongest, ontem, deu um breve respiro ao moribundo time do São Paulo, que, depois de empatar em casa por 1 a 1 com o medíocre Arsenal, da Argentina, já via a Libertadores deste ano ir para o caixão. Resta agora, ao limitado Tricolor paulista, tentar milagres em jogos no exterior e, principalmente, torcer para que o clube mineiro continue com 100% de aproveitamento na competição. Caso contrário, já era...

Assim como a sofrida e mesmo acidental vitória contra o The Strongest no Morumbi, o São Paulo "suou sangue" para arrancar um mísero empate no Pacaembu, ontem, contra o pior time do grupo (o Arsenal já havia sido derrotado pelo The Strongest e goleado pelo Atlético-MG em plena Argentina). Isso prova que o time do técnico Ney Franco ainda está longe de um nível que possibilite competir com os grandes. As derrotas para Santos (no Paulista) e Galo (na Libertadores) dizem tudo.

O maior problema continua sendo os laterais. Cortez até que é esforçado, mas se perde muito no esquema com dois pontas avançados. E Douglas é péssimo, terrível, inoperante. Com isso, a bomba estoura nos volantes e, principalmente, na zaga. Quanta diferença para o Atlético-MG, que conta com o - excelente - lateral-direito Marcos Rocha! Sem laterais marcadores, que fiquem mais fixos ajudando os zagueiros, e liberando os volantes para apoiarem os meias, nada funciona.

Eu acho que o São Paulo ainda não tem um time capaz de vencer um título como o da Libertadores. Portanto, se não cair agora, vai cair lá na frente. Mas, para o bem do elenco e do trabalho de Ney Franco, que é bom e merece reconhecimento e paciência, o time não pode cair na fase de grupos - porque aí ninguém segura, é crise na certa. E o lunático do Juvenal Juvêncio pode querer inventar outro Carpegiani, Adílson Batista ou Leão... Enfim, o jeito é rezar e torcer muito. Para o Galo.


Ps.1: O Luís Fabiano não fez gol e foi expulso. Mas, afinal, qual é a novidade nisso?!?!???

Ps.2: O Rogério Ceni culpou o juiz pela derrota e nunseiquelá nunseiquelá. Idem acima.

Ps.3: O São Paulo pareceu "imitar" o também tricolor Fluminense nas duas últimas rodadas da Libertadores: semana passada, o time do Rio venceu de virada o Huachipato, do Chile, por 2 a 1, enquanto o time do Morumbi também saiu perdendo e virou para o mesmo placar contra o The Strongest. Esta semana, o Fluminense saiu na frente do mesmo Huachipato mas acabou cedendo o empate dentro do Engenhão. E o São Paulo passou vexame igual no Pacaembu. Será que os dois clubes brasileiros terão destinos iguais na competição?

5 comentários:

Priscilla Saccomano disse...

Jadson está jogando muito!!! Após boa tabela com Ganso, ele mandou a bola rente ao travessão adversário!

fredi disse...

Acho o Jadson, bom jogador, nada mais que isso. Não é craque e nunca levará o SP a um título. Aliás, se não fosse o Oswaldo esse time do SP seria bem medíocre. Tem o Rogério, que fala mais que pelo menos nos últimos dois anos, o Luís Fabiano que já não decide há bom tempo, o Ganso que não se reencontra. Sobra para o Oswaldo decidir...

Moriti disse...

Marcão, suar sangue me parece um pouco exagerado. Não que o São Paulo tenha jogado bem, mas criou várias chances reais de gol, enquanto o Arsenal chutou só uma vez corretamente na meta tricolor.

Sobre a defesa, laterais e tal, vejo que o sistema defensivo como um todo não vai bem. Pra mim, isso tem mais a ver com as quedas de rendimento do Wellington e do Denílson (o primeiro chegou a ir pro banco e o segundo já ouviu preocupações do Ney Franco sobre a condição física). Fora isso, a ausência do Lucas reflete até na parte defensiva, já que o moleque combatia a saída de bola adversária e segurava os laterais rivais.

Abraço.

Nicolau disse...

Fredi, concordo com a Priscila: o Jadson tem jogado muita bola. Arma o time, dá assistências e tem feito gols. O Osvaldo também tem resolvido muitos jogos. Talvez nenhum deles seja craque, mas estão voando nesse começo de temporada.

fredi disse...

Acho o Jadson um bom jogador, nada mais que isso. Contra o Galo, que foi jogo que vi atentamente, não acertou uma jogada. Não é o jogador que decide. Mas se os sampaulinos gostam não tenho nada a ver com isso. Prefiro o Ronaldinho Gaúcho (rs).