Destaques

quinta-feira, setembro 23, 2010

Happiness is a stoned fly

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Tenho especial apreço por aqueles butecos que, de tão acolhedores, os clientes habituais não se importam muito com a higiene e, justamente por isso, acabam dando apelidos carinhosos ao local, como "Sujinho", "Porquinho" etc. Alguns ficam até conhecidos pelos animais insólitos que às vezes dão as caras no bar, como o "Minhoca's" (por causa de uma larvinha flagrada em uma cuia de feijão) e o "Moskão" (devido aos insetos sobrevoando os salgados, na estufa). É por isso que não gosto de comer em butecos. Como diz o meu pai, lugar de comer é em restaurante, bar é lugar pra beber. Pois outro dia eu estava lá na Urca, no Rio de Janeiro, e paramos para uma Skol gelada (carioca odeia Brahma) num buteco frequentado por universitários. E que, não sei se pela fumaça de "mato" queimado que eventualmente surge no bar, recebeu o simpático apelido de "Mosca feliz". Fiquei freguês!

3 comentários:

Canal Hinha disse...

Saindo de Jundiaí/SP, como faço para chegar lá?

Priscilla Saccomano disse...

Na vila tinha, na década de 90, um bar, que as gentes chamavam de sujinho, com o tempo, o dono, foi modificando e ficou um estabelecimento, aconchegante e vistoso, foi aí que mudou de nome, e hoje chama Paul e John, lá eles servem chopp Bhramma, muito delicioso, tomei uns 7 da última vez. Fica na Wisard com a Mourato, valeu? Lado esquerdo, vamo tomá umas lá no dia 27/11?! Ou no Bar de Ontem...

bjs a todos

Marcão disse...

Olha só, eu também fui freguês desse Sujinho (que era realmente sujo, muito diferente daquele que ocupa dois espaços na Consolação). Outro dia fui até lá pra conferir o tal John & Paul, até que é simpático. Mas o antigo Sujinho ficará para sempre na memória de quem aprecia um butecasso "arte".