Destaques

sexta-feira, setembro 01, 2006

Alckmin quer reduzir a sete o número de partidos

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Geraldo Alckmin afirmou que pretende fazer uma "reforma política" no início do mandato, caso seja eleito. A idéia do candidato é reduzir a sete o número de partidos. "Vamos reduzir o número de partidos a sete depois de aprovarmos a fidelidade partidária", garantiu o candidato à presidência.

Poderíamos especular que, além do PSDB e do PFL, seriam mantidos apenas o PSC, PSDC, PAN, Prona e, lógico, o PSol. Há quem aposte que, com a reforma, o PSDB mudaria de nome para UDN do B.

3 comentários:

Glauco disse...

O número cabalístico é proposital?

Edu Maretti disse...

hummm. Mas, Marcão, vi o Alckmin falar e acho que não foi isso o que ele disse... Ele falou realmente na reforma política. Só que falou no número de partidos depois, ao fazer um link com a cláusula de barreira que vai vigorar este ano, dizendo que teremos 6 ou 7 partidos no Congresso devido a essa clásula de barreira, e que isso seria bom politicamente para o país, na opinião dele.

Hua Cai disse...

michael kors outlet online
coach outlet online
hollister canada
ralph lauren pas cher
cheap ray ban sunglasses
iphone case
ray-ban sunglasses
coach outlet
burberry outlet store
adidas nmd
ugg boots clearance
michael kors uk
cheap nike shoes
ysl outlet online
oakley sunglasses
toms outlet
michael kors outlet
michael kors outlet
polo ralph lauren
toms outlet
mont blanc pens
michael kors handbags
cartier outlet
instyler ionic styler
ugg boots clearance
polo ralph lauren outlet
tiffany outlet
asics
true religion outlet
herve leger dresses
michael kors outlet online store
air max uk
ray-ban sunglasses
mbt shoes
ray ban sunglasses
20160801caihuali