Destaques

quinta-feira, março 27, 2008

Primeiro passo para o Manguaça Cidadão

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Em discurso no fórum empresarial entre Brasil e México (foto), em Recife (PE), o presidente Lula deu a deixa para que seja apresentado o programa Manguaça Cidadão, proposta do Futepoca de complemento ao Bolsa Família, para que o trabalhador brasileiro tenha garantida uma cota mensal de bebida alcoólica, ainda que mínima - para, dessa forma, não desviar a verba da comida. E foi exatamente isso o que Lula argumentou: "Nós, além de dar (dinheiro) aos pobres, estamos dando para as mulheres. Porque o homem ainda pode parar no bar e tomar aperitivo com o dinheiro do Bolsa Família. Pode! Se ele tiver vontade, ele pode!", frisou. Ora, presidente, se "ele pode", faça um benefício a parte, desvinculado do Bolsa Famíla! Manguaça Cidadão já!

Ps.1: Lula deu dois motivos para o homem "parar no bar": "Se o Curintia (sic) perdeu, se a seleção perdeu". Considerando o resultado do clássico paulista disputado ontem, ele deve ter tido vontade de "parar no bar"...

Ps.2: Sarcástico, o presidente afirmou que o Brasil tem know-how para salvar bancos, citando o vergonhoso PROER de Fernando Henrique Cardoso: "Se (os EUA) precisarem, podemos mandar esta tecnologia", tripudiou Lula. Taí: esse governo arruma emprego até para o FHC!

Ps.3: Voando no céu de brigadeiro da economia brasileira, Lula não perdeu a chance de provocar o "império": "Eu liguei para ele para falar: Bush, o problema é o seguinte, meu filho, nós ficamos 26 anos sem crescer. Agora que a gente está crescendo vocês vêm atrapalhar. Resolve a tua crise!".

16 comentários:

Glauco disse...

Primeiro passo não! A mobilização social, os debates e fóruns de discussão que pressionaram os poderes instituídos a promover o debate. A pressão vem de baixo!

Agora, é lamentável a postura machista do presidente Lula. Quer dizer que só homem pára no bar? As mulheres não têm direito? A manguaça precisa ser distribuída para todos!

Anselmo disse...

o importante é deixar as crianças longe do bar.

mas o lula não precisa parar no bar. deve ter um, daqueles de madeira, no palácio onde ele mora. com garçom e tudo.

Nicolau disse...

Sem desprezar essa revolução que será o Manguaça Cidadão, na minha opinião a proposta mais importante e urgente do presidente foi essa de mandar a tucanada do PROER para os States. Seria um avanço enorme para o Brasil e um retrocesso para os EUA, aumentando o equilíbrio de forças do mundo. Já pensou?

maurício disse...

concordo com o glauco. o presidente fez uma declaração preconceituosa. é possível que o feminismo manguaça se manisfeste e terá o meu apoio.
mas não há dúvida que o Manguaça Cidadão galopa nos corredores do Planalto. Sugiro que nos reunamos - no foro adequado - para formalizar uma proposta estruturada, consolidando estes anos de debates, para não deixar que qualquer oportunista apareça nesta hora tão importante para os movimentos sociais.
outra coisa: anselmo, qual o problema da molecada ficar no bar? claro, não, os bares como são hoje. mas acho importante que o Manguaça Cidadão seja inclusivo também com a molecada, com área de recreação e sóbrios contratados para o entretenimento dos petizes. isso seria libertador e integraria desde cedo às crianças na cultura da manguaça responsável. primeiro com suco, eventualmente um refrigerante (com moderação) e finalmente, quando chegar a idade, a manguaça.

Nicolau disse...

Apoiada a idéi ado Maurício de se instalar espaços específicos para a gurizada nos bares. É, inckusive, política de eqüidade de gênero, dando a homens e mulheres a oportunidade igualitária de manguaçar, sem prejuízo dos filhos, que naõ serão privados do contato com os pais.

Marcão disse...

Concordo que a abordagem é machista, mas deixei de incluir a frase seguinte, em que o Lula diz ter certeza de que, com o dinheiro, toda mulher pobre dá prioridade a ir ao armazém comprar comida. Ou seja, na visão dele, elas são mais conscientes e preocupadas com os filhos e família do que os homens, que só pensam em cachaça e futebol.

maurício disse...

ressalva, marcão, tem alguns homens que pensam também em política.

maurício disse...

e que será que o bush respondeu?

Marcão disse...

Sem a intenção de ser machista (e já sendo), acho que, além de futebol, política e cachaça, homem pensa prioritariamente em mulher!

Mauricio disse...

ah sim, claro, mas não pode falar isso na hora de formular a política pública.
mas tem conseqüências.
- homem pensa na própria mulher, então tem interesse de que o Manguaça Cidadão crie alternativas para ter a mulher no boteco?
- homem pensa na mulher alheia ou solteira, então é melhor que a sua mulher gaste o dinheiro do Bolsa Família com a comida das crianças e não apareça no bar?
- homem pensa em qualquer mulher, então tanto faz, porque no final da noite o manguaça vai chegar em casa e é a sua mulher que vai de fato resolver?
e aí, marcão, duvido você ser mais machista

Olavo Soares disse...

A proposta da creche nos bares não era um dos pilares de criação do MAN?

Marcão disse...

Se o homem consegue fugir da mulher no domingo, vai para o futebol. Se senta na calçada de um bar onde só passa mulher feia, começa a discutir política. E se o homem perder a mulher, a solução é cachaça, muita cachaça!

Ps.: Bem lembrado, Olavo, precisamos fazer um post-manifesto pela criação do MAN, Partido dos Manguaças. Quem se habilita?

Olavo Soares disse...

Mas não pode ser Partido dos Manguaças - senão a sigla fica PM, e isso já pertence a outra instituição. Tem que ser só Manguaças mesmo, a la Democratas, pra aí termos a sigla MAN como nossa bandeira.

Glauco disse...

Meu Deus, isso é que é debate sobre política pública! Quanto à criação do MAN, faço minhas as palavras de Leonel Brizola: "Estou vendo o cavalo encilhado passar, me arrepia só de pensar que podemos montá-lo".

Marcão disse...

O bom é que a estrutura está toda aí: "comitês", "diretórios" e "fóruns" existem a cada esquina pelo país todo. Essa é a militância que o Brasil precisa!

Mauricio disse...

mas será que a sigla não vai afastar justamente o eleitorado feminino, que pode achar que é uma partido só de homem (man)?
sugiro MGÇ, o único partido com ce cedilha na sigla.