Destaques

segunda-feira, janeiro 12, 2009

De olho na redonda - O Chelsea ou o iate?

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

O Chelsea ou o iate? - Quem viu a vitória do Manchester United sobre o Chelsea ontem deve ter ficado se perguntando: isso é efeito da crise? Impressionante como os comandados de Felipão se entregaram depois do segundo gol do time da casa e só não perderam por mais de três gols porque o auxiliar apontou impedimento inexistente em gol de Cristiano Ronaldo.


É claro que o Manchester é um senhor time, mais bem entrosado e com um grande elenco. Mas também é possível que a conturbada situação financeira do “patrão” Roman Abramovich tenha afetado o desempenho dos jogadores do Chelsea. De acordo com a agência Prime-Tass, a fortuna pessoal do magnata russo teria sido reduzida de cerca de 16,700 bilhões para “apenas” 2,3 bilhões de euros em função da crise mundial. O Chelsea teria despedido recentemente 15 funcionários que tinham remuneração de mais 150 mil euros ao ano, além de suspender a comida gratuita para os jogadores na cantina do clube.




Por conta disso, Abramovich poderia vender o Chelsea, adquirido em 2003 e que já recebeu investimentos de 210 milhões de euros. Mas ele também estuda vender seu nababesco iate (foto), avaliado em 200 milhões de euros. Trata-se da maior embarcação privada do mundo, com 167 metros (550 pés) - quase duas vezes o comprimento de um campo de futebol - e 70 pés de largura, com duas pistas para helicópteros com um hangar e um submarino de 12 assentos que pode sair pelo fundo do iate. Agora o russo precisa ponderar para saber qual dos dois brinquedos irá vender, o barco ou o time.

E o Pernambucano começou - E já tem estadual rolando no Brasil. O Campeonato Pernambucano começou nesse fim de semana e o Sport começou bem sua caminhada rumo ao tetracampeonato, com uma goleada na Ilha do Retiro sobre o Vitória, por 4 a 0. O principal reforço do Leão, Paulo Baier , não estreou ainda, e com o Náutico não foi diferente: as cotnratações Carlinhos Bala, Somália e Adriano Magrão não puderam ajudar o time no empate em casa com o recém-promovido Cabense.

Já o Santa Cruz venceu fora de casa o Sete de Setembro, contando com seu principal reforço, o atacante veterano Marcelo Ramos. O estadual conta com 12 times e é disputado em dois turnos, com jogos de ida e volta em cada um. Os vencedores de cada turno se enfrentam na final e se alguma equipe vencer os dois turnos já é campeã.

O Cearense também – outro estadual que começou cedo foi o Cearense. O Fortaleza, atual bicampeão, goleou o Itapipoca por 4 a 1 enquanto seu rival, o Ceará, teve um pouco mais de trabalho para superar o Quixadá de virada, 2 a 1. O time alvinegro estreou o atacante Alberto, ex-Santos, mas ainda não pôde contar com a estreia do volante Heleno, que estava no Vila Nova e que também passou pela Baixada Santista. Nascido na gloriosa São Vicente, o atleta alega ter saído da equipe goiana, onde foi um dos destaques, por conta de salários atrasados. Nada para se espantar, enfim.


Gostou do post? Então vote na gente no Best Blogs Brazil. O Futepoca concorre em três categorias: Melhor blog, Melhor blog de Esportes e Melhor Blog de Política. Dê três votinhos pra gente, é rápido e agradecemos!

5 comentários:

Marcão disse...

Eu ficava com o iate. Ou melhor, vendia o clube e o iate e passava o resto da vida sem fazer absolutamente nada, numa ilha paradisíaca, com uma dúzia de nativas seminuas. E cerveja, óbvio.

Nicolau disse...

Concordo com a solução do Marcão. Não entendo porque esse povo se apega tanta a grana. Outro dia vi uma notícia de um cara que se matou poruqe perdeu muito dinheiro na crise: sua fortuna era de US$ 9 bilhões e ele tinha perdido uns US$ 2,5 bi até o momento... Se fosse seguir a lógica, o Abramovich ia ter que levar uns membros da família ou outros milionários juntos com ele pro além-vida...

Anselmo disse...

eu doaria o Chealsea pro Futepoca administrar.

Anônimo disse...

Eu sei de Quem é a culpa!
Do Lula

http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,MUL866287-5601,00.html

BB disse...

Nada como um bom pé frio...