Destaques

quarta-feira, fevereiro 18, 2009

No primeiro teste para valer, o Palmeiras não passou

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Depois de um início de temporada com nove vitórias em nove partidas oficiais, o Palmeiras perdeu sua invencibilidade. No primeiro jogo difícil, o time levou a pior diante da LDU em Quito, por 3 a 2. No estádio Casa Blanca, os seis dias de treinamento parecem até ter minimizado os efeitos dos 2.800 metros de altitude. Quer dizer: a derrota não foi para a altitude.

O Palmeiras entrou mais defensivo como era de se esperar, ainda que tenha ido buscar jogo para tentar o empate. Não funcionou tão bem. A LDU foi capaz de fazer o resultado, apesar de não ter os dois principais jogadores nem o técnico da conquista do título de 2008. Começou o jogo melhor e, com disciplina tática e com menos falhas do que o adversário, os equatorianos faturaram.

O Palmeiras saiu perdendo aos 24 do primeiro tempo, mas empatou em quatro minutos com Willians em sobra de chute de Diego Souza. Calderón fez seu segundo em trapalhada de Edmilson e Marcos, o Goleiro. Vanderlei Luxemburgo arriscou tirar o zagueiro Maurício Ramos por Marquinhos, e Edmilson parecia se redimir ao fazer o 2 a 2 no começo do segundo tempo em cobrança de falta. Quando os visitantes faziam seus torcedores acreditarem que fariam história, os números finais foram dados por Manso em cobrança de falta – cometida pelo mesmo zagueiro palmeirense.

Marcos, o Goleiro, falhou no segundo gol. Deixar um atleta desses no banco em condições de jogo é uma opção difícil para qualquer treinador. Se ele não estava em condições, é outra história.

Diego Souza foi bem, Cleiton Xavier não. Keirrison foi quase nada. A primeira tentativa de tornar o time ofensivo foi melhor porque saiu o empate. Mas Luxemburgo colocou Evandro em campo no lugar de Fabinho Capixaba, a partir de quando, coincidentemente, não houve mais ataques do time. Se a LDU quisesse, poderia ter explorado melhor os contrataques.

Armero teve suas decidas contidas pelos avanços do argentino Manso. Poderia ter sido expulso pelo carrinho em que tomou cartão amarelo ao 25 do segundo tempo e por um cotovelo que sobrou para um rival. Síndrome de Kléber? Danilo e mesmo Edmilson também exageraram em alguns carrinhos.

O resultado foi muito pior do que a atuação do time, tirando a parte defensiva. Mas foi bem ruim para a estreia na fase de grupos da Libertadores. A próxima partida é contra o chileno Colo Colo no dia 3 de março. Depois tem o Sport na Ilha do Retiro em 8 de abril. Muita dificuldade pela frente.

A primeira derrota não significa que o time seja uma porcaria. Mas só agora aparecem os primeiros comentaristas a lembrar que o time do Palmeiras tem poucos atletas com participações anteriores em Libertadores.

No sábado tem Portuguesa no Canindé pelo Paulista.

5 comentários:

Marcão disse...

A LDU é a atual campeã e não deve ser subestimada. Eles não têm nada de Once Caldas, não...

Glauco disse...

É campeão, não deve ser subestimada, mas está enfraquecida em relação ao ano passado. Sem Guérron, o grande destaque, e outros importantes como Vera, Bolaños (que não disse a que veio no Santos) e Delgado saíram. Até a classificação na primeira fase poderia ser difícil para o time em um grupo forte como esse, por isso a vitória de ontem foi fundamental para a equipe.

Fabricio disse...

Achei que o Luxemburgo resumiu bem o jogo: faltou malandragem.

O Palmeiras cometeu erros bobos de um time jovem que não aprendeu ainda como jogar uma Libertadores. Caiu na catimba e na cera do adversário, fez faltas bobas e cometeu erros que não se pode cometer em uma competição como esta. O resultado em si não me parece muito importante, já que era um dos jogos que poderia perder. Dá pra recuperar tranquilamente no jogo de volta.

Lembrem-se que o primeiro gol foi impedido (por centímetros, é verdade, sem culpa do bandeira) e o segundo foi praticamente dado de graça. Mas isso faz parte e pra ganhar Libertadores precisa passar por cima disso também.

fredi disse...

O jogo foi bom, o Palmeiras e o Marcos erraram muito. Mas acho que classifica, a decisão será nos dois jogos contra o Sport.

Grazi Palmeirense Feliz disse...

Acho que o Palmeiras não é time de ficar subestimando não... de boa.
Grande adversário e atual campeão, temos que respeitar LDU. O Palmeiras é gde candidato a levar o título e de quebra o Paulista, é só ter paciência... time e técnico pra isso tem.
bjo, Gra.