Destaques

domingo, fevereiro 15, 2009

Reservas 1 a 0, só para manter os 100%

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

A vitória simples do time reserva do Palmeiras sobre o Paulista de Jundiaí manteve o aproveitamento de 100% do time em jogos oficiais em 2009. Com gol de Evandro, a equipe não teve a mesma vitalidade da partida contra a Ponte Preta, em que venceu por 3 a 2, mas enfrentou um adversário bem mais recuado. Aproveitou uma jogada de velocidade para, com passe de Lenny, definir o placar.

O Galo do Japi foi mais um adversário a mandar bola na trave alviverde. É uma estatística que não se costuma contar, porque envolve muito mais sorte do que qualquer outra coisa. Que continue assim. Na partida o fator foi ainda mais crucial, porque o time não foi bem, sem brilho. Espero que o fato de ser a segunda partida sem uma boa atuação seja uma questão de priorização da Libertadores.



É importante que nesta rodada, independentemente do resultado do clássico de logo mais (se os da pirotecnia ou os do time pequeno), a liderança está assegurada.

A partida teve a estreia de Marcos, o Goleiro, na temporada mesmo gripado. Contundido, ele havia dado lugar a Bruno, que deve voltar ao banco de reservas já na partida de terça-feira, 17, contra a LDU pela Libertadores.

Menos um invicto
O Barueri perdeu para o Mirassol na Arena Barueri. A primeira derrota do quinto colocado foi de virada. Só Palmeiras e Corinthians seguem invictos no campeonato.

Pacaembu
Distante do Palestra Itália por causa da eleição do Conselho Deliberativo, o Palmeiras teve 7 mil pessoas de público, um pouco menos do que nos 3 a 0 contra o Marília e um terço do clássico contra o Santos. Não fez muita diferença para a torcida, que não encarou a chuva e a perspectiva de assistir aos reservas. Quando começar a reforma no estádio da Turiassu, provavelmente o estádio público municipal vai ser uma das opções, mas é cedo para saber se vai ser melhor ou pior em termos de arrecadação.

3 comentários:

Catedraldeluz disse...

Vitória na medida certa. Para não causar alarde. Humilde, jovem e positiva.

"Construir para poder conquistar! Acreditar sempre!"

Brunna disse...

Fui ao jogo. Feio, chuvoso, mas valeu para conhecer o Pacaembu.
A macha gritava a toda hora que "ta chegando a hora", fazendo referência ao dia 08 de março. Acho que deve ser o jogo contra o corinthians...

Glauco disse...

Com a Libertadores e a Copa do Brasil, time reserva vai ser a Tônica de muita gente nos estaduais. Mostra o grau de importância que a competição adquiriu.