Destaques

sexta-feira, junho 19, 2009

Com gol no ângulo e outro de pênalti, Cruzeiro despacha o São Paulo

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Eram 23h29 no relógio do micro-ondas. Mais ou menos 30 vozes foram ouvidas, vindas de apartamentos diferentes de prédios vizinhos, gritando impropérios dirigidos aos são-paulinos. Como de praxe, os secadores sugeriam todo tipo de escatologia como prática dos torcedores derrotados. Era a terceira vez que aquele mar de berros ocorria, em um coro meio tosco, cuja única manifestação publicável foi:

– Chora Bambi, eliminado! – leia-se "eliminadô".

O São Paulo está fora da Taça Libertadores da América, assim como o Palmeiras. O Cruzeiro venceu o Tricolor paulista por 2 a 0 em pleno Morumbi, resultando em vaias da torcida e pressão por vir sobre a comissão técnica. Como não assisti a partida nem sou são-paulino, deixo as análises da partida para quem é de direito. Vi os gols, o primeiro um chute no ângulo – exu forquilha? – e outro de pênalti.

Tombo das empáfias
A quinta-feira também marcou a derrota da Itália sobre o Egito na Copa das Confederações. Em comum entre os times nos campos de São Paulo e de Joanesburgo, na África do Sul, há muito pouco em comum.

Qualquer comparação entre as forças dos times e mesmo estilos de jogo seria um exercício delirante da minha parte. Mesmo o peso das derrotas também é distinto. No torneio de clubes continental, o segundo revés nas quartas-de-final é sinônimo de eliminação, ao passo que os italianos ainda estão na fase de classificação.

A única semelhança é o efeito que isso produz nos secadores – ou pelo menos em parte deles. É que os campeões do mundo na Alemanha tomaram um toco em grande atuação do goleiro egípcio El Hadary.

E mesmo anunciada, a eliminação do São Paulo também é um certo tombo na empáfia dos torcedores tricolores. Parte deles tende a vir com o tom blasé, fingindo indiferença. Outra parte reage como torcedor normal.

Aqui, a contragosto, eu apontaria outra queda que me é dolorosa, mas também derrubou uma figura arrogante. Vanderlei Luxemburgo é apontado por parte dos torcedores como o vilão da eliminação alviverde. Agora, só com o Brasileiro pela frente, o treinador diz que tinha avisado que a equipe era jovem e que o certo era o planejamento ser voltado à Libertadores de 2010. Ele reconheceu o amadurecimento dos atletas, mas manteve que o motivo de o Palmeiras não estar nas semifinais é aquele.

É ruim a eliminação do meu time, o Palmeiras. É bom ver o triunfo de importância ainda incerta do Egito. Melhor ver o São Paulo eliminado. Mas os tombos em um intervalo curto são interessantes.

Viajei?

10 comentários:

Marcão disse...

Previsivel. Mas que sempre é feio ser derrotado dentro de casa, na frente de 50 mil torcedores, sem fazer um gol sequer, isso, sem duvida, é. Sera que o Juvenal segura o Muricy?

Glauco disse...

Mesmo quando o jogo estava 11 a 11 (praticamente todo o primeiro tempo) o São Paulo jogou mal, o Cruzeiro tocou a bola com classe e efeiciência, fazendo o Tricolor parecer um time de meninos apalermados correndo atrás da bola. Pra parar, só na falta, coisa que Eduardo Costa (bom volante, diga-se, mas violento) fez com vontade. O time do Morumbi conseguiu a façanha de não ter uma reles chance de gol nos 90 minutos.

Enfim, diferentemente de outros anos (terceira eliminação seguida antes das semis para time brasileiro), o São Paulo foi pifio. Por mais que se acredite na mística de Muricy acertando no segundo semestre, acho que dessa vez não vai ocorrer. Pela primeira vez acredito que o melhor pro São Paulo é que o treinador saia.

Leandro disse...

Estou ruim de palpite nessa Libertadores, pois apostava no Palmeiras diante do primário Nacional, que não passaria do time mexicano, e também apostava no SP pelo fato de decidir em casa e, sobretudo, pela ausência do Ramires.

Nicolau disse...

Rapaz, que semana! Como diss eum amigo corintiano aqui do trampo, "se algém me dissesse um ano atrás que haveria em 2009 uma semana em que o Corintihians ganharia do Inter por 2 a 0 na final da Copa do Brasil e São Paulo e Palmeiras seiram eliminados da Libertadores, eu ia dar risada".

Thalita disse...

mas que pqp... quando diabos vai acabar a ladainha de torcedor arrogante? Conheço dúzias de corinthianos insuportáveis, mas arrogante é são-paulino.

O time é ruim, mereceu mesmo perder. Ponto. Bola pra frente, embora eu não tenha esperança de qualquer melhora na temporada.

Olavo Soares disse...

O que aconteceu ontem foi impressionante. Não me lembro, nos quase 20 anos que acompanho futebol (caralho, como eu tô velho), de nenhuma humilhação semelhante que o São Paulo tenha sofrido no Morumbi. Alguém poderia citar alguma parecida?

E olha que o placar, um singelo 2x0, nem é dos mais assustadores. Portanto nem é a ele que me baseio: pra mim, o lance-chave (ainda tem hífen?) que constata essa humilhação aconteceu no final do jogo, quando o Cruzeiro ficou trocando passes na frente da área tricolor, como se estivesse brincando.

Repito: nunca vi o São Paulo passar por coisa parecida no Morumbi.

Fabricio disse...

Eu não dei quase a mínima bola pro jogo de ontem. A única coisa que me agradou foi que em mais algumas rodadas pode existir a possibilidade do Muricy vir para o Palmeiras. Este seria, no caso, a única mudança no comando técnico alviverde que traria alguma melhora. Por pior que esteja, não há no momento ninguém pra fazer coisa melhor no lugar dele.

E a Thalita falou tudo: perdeu? bola pra frente!

Glauco disse...

Aliança entre eliminados da Libertadores?

Anselmo disse...

acho q o muricy não funciona no palmeiras.

thalita, é fato que torcedor de tudo quanto é time pode ser arrogante, chato e blasé diante do revés. mas esteriótipo é esteriótipo, sabemos como é.

a relação é entre empáfias de formas e naturezas diferentes. alguém pode listar posturas mais tranquilas de jogadores da itália, por exemplo, ou mesmo dizer que não há essa arrogância toda.

e o luxemburgo tbem pode dizer que é perseguido pela (turma de meia dúzia) da mídia.

Maurício disse...

bem que podia o luxemburgo compor a comissão técnica do nelsinho baptista no são paulo...