Destaques

segunda-feira, setembro 29, 2008

O pé-frio que secou o Santos

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Tudo bem que a campanha do Santos no Brasileirão não é das mais brilhantes. Mas o empate com a Portuguesa ontem foi um fenômeno que teve acontecimentos estranhos. Defesas portentosas do goleiro luso em arremates certeiros de Kléber Pereira, um gol com pane geral sofrido logo após o Alvinegro ter aberto o placar e a inexplicável re-escalação do lateral Kléber Chicletinho como titular. Tudo bem, esse último item não é tão metafísico, atribui-se mais à falta de noção do treinador.

Investigações metafísicas apontaram o verdadeiro culpado do empate em um a um de ontem. O presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, que se diz santista (perdoai-o, ó Pai), esteve ontem na Vila Belmiro depois de longo e tenebroso inverno sem pisar em tais dependências. E conseguiu presenciar a interrupção da seqüência de vitórias do Peixe no gramado sagrado. Junto a ele estava o secretário estadual de Justiça, Luiz Antônio Marrey.

Ambos receberam das mãos do glorioso presidente do Santos, Marcelo Teixeira, vulgo "o eterno" , um kit com a camisa oficial do clube e a camisa da Campanha Time da Virada. A julgar pela experiência do ministro em "viradas", o mandatário peixeiro acertou no presente.

Mais sobre o jogo, aqui .

7 comentários:

Thalita disse...

Quem diria que eu teria algo a agradecer ao Gilmar Mendes, einh?
Valeu, Gilmar! a Lusa agradece o pontinho conquistado.

Anselmo disse...

Glauco, avise mesmo o Paulo Henrique Amorim antes que alguém pergunte sobre essas suas "investigações metafísicas"!

Aliás, fale mais sobre essas "investigações metafísicas"? Robério de Ogum foi consultado?

Maurício disse...

chama o suplicy pra dar uma equilibrada na energia.

Bia disse...

quem não aparece mais por lá é o rei... nos abandonou... até ele deve ter cansado... :(
bjs!

Marcão disse...

Kléber Chicletinho tem até padrinho!

Glauco disse...

Pois é, Bia, acho que o Pelé tem tido programas melhores no domingo. Sobrou-nos o Gilmar Mendes (socorro!).

Chico S disse...

Sugiro uma escuta no gabinete do cidadão. Quando ele comentar com alguém que irá a Vila temos que imediatamente entrar com uma medida cautelar em primeira instância impedindo o acesso do sujeito as míticas dependências da Vila. Só assim para tirar essa zica do nosso caminho. Olha, esse é dos poucos santistas do qual me envergonho! Fora, Gilmar! Deixe em paz os cidadãos de bem deste castigado País!