Destaques

terça-feira, setembro 22, 2009

Seleção de candidatos a 2010 promete...

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Já não é novidade alguma jogadores e ex-jogadores se embrenharem na política brasileira para “ajudar os mais necessitados”. E a cada ano essa seleção de candidatos promete mais emoção.


O ex-jogador Dinei, candidato a vereador em 2008 pelo PDT-SP, tinha o slogan “Nunca vou te abandonar. Corintiano vota em corintiano. Fui!” Ah! E o gritinho ridículo “Auip!!!!”



Para 2010, a lista já começa a ficar longa, mas vale a escalação. O ex-jogador de futebol Edmundo, vulgo “O Animal”, está em vias de ser o futuro candidato a uma cadeira de deputado estadual pelo PP. Particularmente gostaria de ver seu temperamento, que lhe dá o apelido, em atuação no plenário. Já o presidente do Corinthians, Andrés Sanches, se filou ao PT de São Paulo, mas ainda não sabemos qual cargo pretende disputar nas eleições de 2010. O presidente afastado do Flamengo, Márcio Braga, também promete ser candidato ao Senado, segundo a coluna Painel da "Folha de São Paulo". Quanto ao político e ainda jogador, Túlio Maravilha, a ideia é sair candidato a governador de Goiás. Já ao atual técnico dos Santos, Vanderlei Luxemburgo, cogita ingressar na política, como senador por Tocantins.

E hoje Romário, de 43 anos, se filiou ao PSDB, ou melhor ao PSB. A gafe foi cometida pelo próprio Romário, que em entrevista na manhã desta terça-feira, 22, errou o nome do próprio partido.

“Pode acontecer de eu ser candidato, mas meu objetivo é ajudar as crianças e o esporte (...). Se conseguir ser eleito, poderia ajudar as pessoas carentes... para ter votos tenho que fazer projetos. Sou de falar e cumprir”, afirmou Romário. Ainda vale lembrar que, há oito anos, ele chegou a se filiar ao PP por influência do ex-presidente do Vasco e ex-deputado federal Eurico Miranda, mas não se candidatou a nenhum cargo político.

Ingressos nesta futura seleção, e não necessariamente jogadores, ainda constam o ex-boxeador Popó, que deve sair candidato a deputado federal pela Bahia nas eleições de 2010, o ex-baterista do Rappa Marcelo Yuka, que deve aderir ao PcdoB, a ex-prostituta e fundadora da Daspu, Gabriela Leite (PV), os ex-jogadores Müller, Marcelinho e Vampeta na disputa para a Câmara, os cantores Luiz Carlos, do grupo Raça Negra, e Teodoro, da dupla sertaneja Teodoro & Sampaio, e o ex-pugilista Adilson Maguila Rodrigue concorrerão a cadeiras na política brasileira, todos pelo PTB.

É 2010 promete....

8 comentários:

Ricky_cord disse...

Engraçada essa situação. Em Portugal a moda ainda não pegou

Saulo disse...

Hahaha...

É cada uma que acontece, heim.

Maurício disse...

Lembro quando muitos anos atrás um amigo meu tentou me convencer a votar para deputado estadual num cara que era da Gaviões, candidato pelo então PFL. Minha surpresa era total, pois meu amigo era um cara de visões progressistas. Precisamos eu e um outro amigo corintiano gritar na orelha dele “acorda, esse animal é do PFL, estamos falando de política, de legislar, não de gritar mais alto no estádio”. Acho que ele acabou não votando no cabra.

Anselmo disse...

PSB e PSDB sao aliados no estado de SP e, se nao me engano, tbem no Rio. entao o romário nao foi tão mal assim? não chega a ser um gustavo neri, mas bem na foto nao ficou.

eu nunca tinha pensado que o gritinho do dinei seria grafado como "auip".

Olavo Soares disse...

"Auip" foi uma transcrição perfeita do grito do Dinei.

Filipe Araújo disse...

Não seja animal! Vote Edmundo!

Saludos!

http://gambetas.blogspot.com

Blog do Tavares disse...

Tirando a candidatura da fundadora da Daspu, as outras mostrm bem o nosso nível na política.

Por isso é difícil acreditar em algum futuro.

Abraços!

Olavo Soares disse...

Falando um pouco mais sério agora: eu não tenho rigorosamente nada contra um ex-jogador de futebol querer virar político. Um ex-futebolista é um profissional como qualquer outro. É um baita preconceito desqualificar alguém só por ser do futebol (ou mesmo da música, das artes, do BBB, etc).

Por outro lado, tenho muita coisa contra quem tem a "fama" como única plataforma. Aí não dá pra aceitar.