Destaques

quarta-feira, fevereiro 24, 2010

Crise em Brasília atrapalha até Copa do Mundo de 2014

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Em meio as fortes emoções na política brasiliense a lama esbarrou de vez na Copa de 2014.

Pelé veio a Brasília
em outubro de 2009.
Na ocasião, fez

dobradinha com o
ainda governador –
e sem sinais de que

seria encarcerado,
José Roberto
Arruda (ex-DEM
e
sem partido).


Em nota do Correio Braziliense de hoje, consta a informação de que a reforma do Mané Garrincha foi suspensa. Ou melhor, o Tribunal de Contas do DF aprovou a suspensão da licitação. O projeto tem o custo estimado de R$ 600 milhões e previa a demolição da estrutura atual, com capacidade para 41 mil lugares, para colocoar de pé o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. A capacidade seria de 70 mil pessoas, o que o tornaria o segundo maior templo do futebol brasileiro, atrás apenas do Maracanã.

Reconstrução do estádio que receberá os jogos da
Copa do Mundo de 2014 suspenso... E agora,
Josés? (foto: Mauro Sampaio/Acessepiaui)

A dúvida que paira é que a abertura dos envelopes da licitação, caso ocorressem nesta quinta-feira, 25, estaria apenas a quatro dias do limite oficial para o começo das obras das arenas esportivas das 12 cidades-sede do Mundial. Será que Brasília ainda será uma das cidades-sede do Mundial?

Afinal o projeto de construções e reformas estão planando sob grandes dúvidas. Um delas é o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que irá fazer a ligação entre o Aeroporto de Brasília, o centro da Panetolândia e para os jogos no Mané Garrincha. O valor total da obra é orçado para R$ 1,5 bilhão e já teve suas obras interditadas, assim como os financiamentos, duas vezes.

Sem falar ainda no Estádio Bezerrão, empregado como centro de treinamentos das seleções. O espaço teve sua reforma iniciada em 2006 e só foi inaugurado no dia 19 de novembro de 2008, em partida amistosa em que o Brasil venceu Portugal.

A construção, no valor de R$ 51 milhões, está na mira do Ministério Público do DF. Em agosto de 2009, o órgão entrou com ação de improbidade administrativa contra o governador – que ainda não estava preso na superintendência da Polícia Federal, acusado de suborno a um jornalista – e o secretário de Esportes Agnaldo de Jesus. O motivo é o pagamento de R$ 9 milhões para uma empresa com ligações ao Daniel Dantas.

Enquanto isso, a Fifa está de olho, e já demonstrou preocupações com ritmo dos preparativos para Copa 2014. Seria ainda mais triste se os panetones do ano em que a Capital Federal completa cinco décadas interferissem também nos rumos do mundial de futebol no Brasil.

7 comentários:

Marcio-SJP disse...

Seria ótimo acontecer isto. O Que vamos fazer com um Mega-Hiper-Elefante-branco em Brasilia?

E digo mais, é um absurdo o que vai ser gasto com a desculpa da Copa do Mundo...obras que já deveriam estar prontas com os impostos que pagamos.

E mais, em 100% dos estados havera roubalheira nas obras... INDEPENDENTE DO PARTIDO que domina o estado, 100% vai roubar...veja o exemplo do PAC!
A idéia foi muito boa, mas a corrupção de nossos governantes não permitiram que o PAC realmente fucionasse como deveria. Até aqui onde moro em São Jose dos Pinhais-PR uma cidade de 300 mil habitantes, o dinheiro do PAC chegou, mas apenas para a festa dos politicos e nada mais.

abraços,
Marcio

Marcio-SJP disse...

Só mais um detalhe, a verba direcionada para a cidade (PAC) veio pagando PEDAGIO de Brasilia até o Parana, ou seja, o que realmente chegou foi menos de 1/4 do oficial.

Como diria o Neto: "Seis tão de brincadeira comigo né!"

Anselmo disse...

eu lamento mto que se perca a oportunidade de fazer um estadião. ainda mais que se perca dinheiro indevidamente.

e acho que o Mané Garrincha merecia muito mais respeito e consideração.

Acho tbem maldade com o Pelé lembrar foto tão amistosa com uma pessoa privada de liberdade. embora ache mto bom que o Arruda esteja detido depois de tentar subornar testemunha.

Marcão disse...

Não só com o Arruda, o Pelé também já andou frequentando eventos com o Serra:

http://www.futepoca.com.br/2008/05/campanha-para-2010-inclui-o-eterno.html

Glauco disse...

Mas que dobradinha Pelé fez com Arruda?

Anselmo disse...

olha, não foi dobradinha das terças-feiras, de bucho com feijão branco e paio (mas sem cenoura, sem cenoura!). foi posar pra foto equilibrando uma bola autografada entre as cabeças.

Outra dobradinha que não foi a de bucho com feijão branco é a de Serra com Arruda. Por isso é que achei maldade com o Pelé.

Marcão disse...

A dobradinha do Tom Cat incluía também meio ovo cozido (acinzentado). Diliça.