Destaques

quarta-feira, julho 29, 2009

Mussum forevis ou 15 anos sem Mussum

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Não é por conta de uma efeméride semi-redonda que o Futepoca vai homenagear Mussum. Em nossas idas ao bar, inevitavelmente os blogueiros de cá brindam ao grande humorista que marcou a infância de muita gente com seu humor politicamente incorreto, sempre fazendo referência à cachaça (opa!) e às vezes desfilando com uma indecente cueca samba-canção. De qualquer forma, não poderíamos deixar tal data passar batida e publicamos alguns vídeos para lembrar do nosso grande muso inspirador (outros vídeos, em post de 2008 aqui).




Acima, um trecho de "Os Insociáveis", programa precursor do bom e velho "Os Trapalhões", que se eternizou na Rede Globo. Note-se que o efeito da manguaça ainda não tinha sido metabolizado pelo abdomem do nobre mangueirense.



Outra pérola: o velho Mussa no Originais do Samba, de onde saiu para fazer parte da trupe televisiva.



Esse é um vídeo sombrio. Um especial dos 25 anos do grupo em que há duas previsões trágicas para 2008: Mussum e Zacarias já estariam mortos (o que de fato ocorreu) e Renato Aragão e Dedé Santana, brigados, fariam as pazes no fatídico ano. Isso também acabou se confirmando.



Pra encerrar, Piruetas, a música feita por Chico Buarque especialmente para a versão cinematográfica dos Saltimbancos, vulgo Os Saltimbancos Trapalhões. Resume bem o espírito circense e hoje nostálgico dos Trapalhões. Um brinde ao Mussum eterno!

5 comentários:

Maurício disse...

Mussum eterno!
nosso guia,
sua vida dá hoje mais sentido à nossa!

(O Didi velhinho tá a cara do Henry Sobel!)

Anselmo disse...

uma pirueta, duas piruetas, bravo, bravô!

grande mussum.

fredi disse...

É no forévis...

Olavo Soares disse...

Viva o Kid Mumu da Mangueira!

Alan Rodrigues disse...

Notícia direta das arquibancadas do Mineirão, claro, da parte azul e branca: a torcida organizada do Cruzeiro, CACHAZEIROS - a quem tenho enorme apreço - lançou uma grande bandeira em homenagem ao Mussum, no dia em que fomos vice-campeão da Libertadores. Viva Mussum e vida longa para Cachazeiros. Fredi podemos mandar uma dessa para você, não somos sectários! "Cachazeiros do mundo, uni-vos". Ah! o Chico Silva pode ser nosso patrono, em terras paulistas...