Destaques

quinta-feira, junho 14, 2007

Cuba apóia Bolívia pela altitude. Segure-se Joseph Blatter

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Deu no Vermelho.

A Associação Cubana de Futebol aderiu à Bolívia em sua oposição à recente decisão da Fifa de não permitir a realização de partidas internacionais oficiais em estádios situados a mais de 2.500 metros de altura sobre o nível do mar. O apoio foi expresso em comunicado emitido na quinta-feira.

Dizendo respaldar "firmemente" os argumentos da Bolívia em oposição à "injusta, discriminatória e arbitrária" decisão da Fifa, a Associação Cubana afirma: "Tal proibição desumaniza o esporte, despoja de direitos e afronta as possibilidades dos países de praticar futebol e competir em sua terra natal". O comunicado é dirigido ao presidente da Federação Boliviana, Carlos Alberto Chávez.
O secretário-geral da Fifa, o suíço Urs Linsi, deixou o cargo na terça-feira, 12, depois de cinco anos esquentando o lugar. As más línguas da imprensa ironizaram o fato de ter sido de Linsi o fax que reconhecia o título da Copa Rio de 1951 como mundial do Palmeiras.

Agora, com o apoio de Cuba à Bolívia contra a proibição de jogos na altitude, em 27 de maio, o Joseph Balatter que se segure.






Diante de ameaças tão fortes, Blatter nem vai precisar tomar aulas com o João Havelange sobre como permanecer no cargo por 24 anos, três vezes mais do que o suíço até agora.

9 comentários:

Marcão disse...

Se o esporte em questão fosse o beisebol, a opinião de Cuba até teria algum tipo de relevância...

Anselmo disse...

ou atletismo, ou boxe...

Blog do Menon disse...

toda essa onda pela altitude começou com a bronca do Flamengo. A Fifa deveria deixar em banho-maria, esperando 2018, quando o Flamengo voltar á Libertadores

Anônimo disse...

Acá si comenta mucho que gauchos brasileños imitan nosotro.
que gostan de ser parecidos com nosotro, y que sonhan un dia ser como nosotro.

perdón la sinceridad, más acá no tiemos la miesma opinión.
Acá nosotro tiemos muy orgulho de ser ARGENTINO, y no es interese noso, si rebaixar la ponto de ser conparado a brazucas.

UNA INFORMACIÓN: Acá onten onibus de hinchas de gremio(brasileños) fue petrejado y asaltado.
la verdad fue pouco, braisleños precisan levar la pancaditas para seren más educados y repeitar más los argenitnos.

Fútbol gremio es muy medilcre y decadiente.
la verdad fútbol brasileño en gerale, es MEDILCRE Y DECADIENTE.

caro señor, no soy hincha de Boca, soy hincha de Estudiantes, más fue muy bon ver jogadores brasileños seren humilhados en campo, iso es maravilhozo para nosotro saber que su fútbol y jogadores meldicres son decadiente.

muchas gracias,
Esteban
Córdoba

Glauco disse...

Será que o Fidel vai bater uma bolinha com o evo a seis mil metros de altitude tb?

Edu Maretti disse...

Mas existe futebol na Bolívia e em Cuba?

Fura Olho disse...

Joseph Blatter devia uma regra punindo qualquer país que não tenha chegado (pelo menos) à semi-final de Copa do Mundo quando falar este tipo de besteira...

gerson sicca disse...

Todo mundo jogava na altitude raramente alguém foi eliminado pelos bolivianos. Foi só o Flamengo reclamar e pronto, estabeleceram a limitação. Talvez os efeitos retardados da altitude tenham prejudicado o rubro-negro mais tarde, contra o defensor. Ora, ora.

Iara Alencar disse...

hahaaa
grande foça a de cuba!!

saudações