Destaques

segunda-feira, junho 11, 2007

Dou o braço a torcer: o Mauro Beting tem razão

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Começo a acreditar no que nos disse o Mauro Beting lá no Bar do Vavá, sobre o São Paulo: Muricy Ramalho perdeu mesmo o comando do elenco e não deve durar muito. Nem sou dos que o consideram "burro", "fraco" ou "incompetente". O conjunto de sua obra ainda é melhor que as recentes mancadas seqüenciais. Porém, quando o técnico perde a ascendência sobre os atletas e o time começa a cair, não tem retrospecto que segure. Meu palpite é que a cabeça do Muricy vá rolar em menos de um mês, após derrota em um dos clássicos que se avizinham, contra Santos (na Vila) ou Corinthians (no Pacaembu). Mais provável que seja na segunda ocasião.

9 comentários:

Victor Pimentel disse...

Sempre achei que fosse o contrário.

O São Paulo quem derrubasse o técnico do Corinthians.

Anselmo disse...

é mto difícil um técnico sobreviver a uma sequencia de derrotas. o são paulo tenta dar ares de clube mais organizado e profissional do brasil ao manter o muricy, mas há um dado da cultura do futebol no país que torna a estratégia complicada.

mesmo que não seja justificativa aceitável para o troca-troca de técnicos durante competições, o fato é que, ao mudar de treinador, não é incomum uma equipe que está mal das pernas melhorar.

me lembro de ter conversado com manguaças ex-jogadores de segunda divisão que explicavam a melhora dos times por uma motivação a mais "pra mostrar serviço pro novo professor" e garantir ou conquistar uma posição no time.

Mas se o muricy realmente está perdendo o controle sobre o elenco, só posso defender: Fica Muricy!

Nicolau disse...

Em geral, sou contra troca de técnicos. Mas o São Paulo está com um certo ar de que uma fase se esgotou, precisa começar de novo. Trocar técnico nesse momento pode ser interessante. mas sempre se tem que pensar: quem vem pra assumir o time? Mas, se a culpa é do Muricy: Fica Muricy!

Glauco disse...

O Muricy tem culpa agora se os atletas não se entendem dentro do elenco e, pelo que falam, por questões pessoais? Manda o onipotente presidente tricolor dar um jeito na coisa, oras.

Nicolau disse...

Se o Glauco tiver razão, a queda do Muricy não vai fazer diferença e o São Paulo tá na roça. Logo, tomara que o Glauco tenha razão.

olavo disse...

Quando o Muricy for demitido (o que não deve demorar muito), terei vontade de ir na casa de cada um dos jornalistas que disseram que o São Paulo era tão bem administrado que não demitia técnico.

Edu Maretti disse...

mas acontece que tem muitos são-paulinos que não gostam do Muricy. As críticas são de que ele é hesitante para mudar o time, é defensivo, demora pra tormar decisões e é previsível. Sendo assim, acho que sua provável queda será um reflexo de uma insatisfação que já está ficando bem generalizada...

Marcão disse...

Mas é isso que eu tô falando: o elenco tá perdido e o Muricy, por mais que esteja vacilando, não é o maior culpado. Só que, como sempre acontece, é mais fácil mandar um técnico embora do que 10 ou 12 atletas de uma só vez. Por não acreditar que o SP consiga melhorar a curto prazo, acredito que o Muricy não sobreviverá aos dois próximos clássicos.

Nicolau disse...

Se a culpa é dos jogadores, tem que ir na casa de cada um dos jornalistas que disseram que o São Paulo tem o "melhor elenco do BrasiL". Aliás, comentando a vitória do Atlético, o Juca Kfouri mandou: "E o São Paulo? Bem, o São Paulo precisa rever seus conceitos. Seu elenco não é o que dele se imaginava."