Destaques

quarta-feira, agosto 26, 2009

Na Irlanda do Norte, adolescente com problemas no fígado foge do hospital para beber

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

De fato, os irlandeses são fortes concorrentes ao título de maiores manguaceiros do mundo: na última sexta-feira, um adolescente em tratamento por insuficiência no fígado saiu do hospital na cidade de Dundonald, na Irlanda do Norte, e foi direto para o pub Old Moat Inn, do outro lado da rua. Gareth Anderson, de 19 anos (foto), usava os chinelos do hospital e segurava uma agulha pingando. Pediu um pint (copo de 568 ml de cerveja), mas o bar não atendeu o pedido. "Eu não sei no que ele estava pensando", disse o pai de Gareth, Brian Anderson. "Ele me disse que também não sabe. Acho que ele precisa de ajuda - trata-se de alcoolismo, mas há problemas mentais aqui também", acrescentou. Gareth sofreu insuficiência hepática aguda no início do mês, depois de beber 30 latas de cerveja em uma festa. E o pai ainda desconfia: "Ele pode muito bem ter bebido mais do que disse". Depois da tentativa desesperada, o adolescente foi transferido para o King's College Hospital, em Londres. Os médicos dizem que ele pode ter menos de duas semanas de vida. Pô, então por que não deixaram o pobre coitado realizar seu último desejo??!? A crueldade humana sempre me surpreende.

4 comentários:

Anônimo disse...

SOU FÃ DESSE MLK!

Anselmo disse...

assustador...

Julio disse...

Isto aqui é uma página de humor?
Se for, dá pra entender. Em cima, vocês colocam um post sobre as baixarias na TV e neste, fazem apologia (gracinha)à bebida.
Nâo quero patrulhar, mas vamos ser coerentes.

Maurício disse...

Caro Julio, às vezes eu mesmo não entendo do que estou rindo. Aí eu bebo um pouco mais e começa a fazer sentido.

O post sobre a baixaria talvez não seja exatamente uma denúncia. Assim como este sobre o garoto irlandês talvez não seja exatamente uma piada.

Só o que posso dizer é que a um garoto de 19 anos que tem a morte prevista para duas semanas quase tudo é permitido. Dar-lhe uma cerveja é uma obrigação mínima.