Destaques

sexta-feira, agosto 29, 2008

Integrar para beber, beber para integrar

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Camaradas futepoquenses (leitores, autores e colaboradores),

um espírito ronda a sociedade brasileira, é o espírito manguaça.

Um acaso me colocou, em Brasília, na mesma mesa de um boteco com um figuraça, o Emerson Luis, autor do blogue Nas Retinas e um dos idealizadores do programa Bebe Brasil, irmão do Manguaça Cidadão no Planalto Central. Conforme as garrafas se esvaziavam (há mais de 120 dias não chove por lá...), foi ficando cada vez mais clara a identidade entre os programas e a necessidade de somar forças. Então, camaradas, vamos fazer a nossa parte: beber e pensar!

As conversas apenas se iniciam, mas já dão novo fôlego às duas propostas, que retomam suas articulações e buscam agora a construção de uma agenda comum de promoção do direito à canjibrina em todo o país. E um futuro promissor se abre à cachaça nossa de cada dia. Tudo pelo interesse público, que é o que prevalece em qualquer mesa de autênticos manguaças.

Manguaças de todo o Brasil, uni-vos!

E aguardem pela continuidade do debate nos fóruns adequados, por enquanto em São Paulo e Brasília, mas esperamos que a nossa luta ganhe espaço em todo o país!

7 comentários:

Filipe Araújo disse...

quando tiver em Minas estarei dentro!!

Abrazo!

http://gambetas.blogspot.com

Maurício disse...

Quem sabe faz a hora, Felipe. O apoio de Minas é crucial e contamos com a sua mobilização. E vou te dizer, não é difícil, basta começar a beber e pensar no assunto que as idéias proliferam. O que aliás só comprova a vitalidade e pertinência do projeto!
Um abraço!

Marcão disse...

Estamos estruturando o programa do Manguaça Cidadão, mas um passo importante, e talvez prioritário, seja a criação do nosso partido político - que poderia facilitar a junção de todas as iniciativas populares pró-cachaça no país. Alguém havia sugerido o nome de MAN (Manguaças) para o partido, em oposição ao DEM (Democratas), mas o fato da sigla significar Homem em inglês poderia dar um caráter muito machista. Por isso, sugeri P-Mé (Partido dos Manguaças Engajados), em oposição ao P-Sol. Algumas sugestão?

Marcão disse...

Ah, em tempo: no sábado, o aniversariante Olavo Soares propôs uma lei de incentivo aos empresários que invistam no Manguaça Cidadão, nos moldes da Lei Rouanet. Sugeri Lei Mussum, mas tudo está aberto ao debate no fórum adequado.

Maurício disse...

Lei Mussum tá perfeito!
E associado a ela o Pmésis, Programa Manguaça Ético para a Sustentabilidade e o Investimento Solidário.

Marcão disse...

Rsrsrsrsrs - isso tá ficando cada vez melhor...

Marcão disse...

Aliás, Maurício, o espírito manguaça ronda a sociedade brasileira cambaleando. E reclamando: "-Não empurra, não! Eu vô chamá meu adevogado!".