Destaques

sexta-feira, abril 17, 2009

É o cara!

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Com o gol marcado na derrota por 2 a 1 para o Independiente de Medellín, na quarta-feira, André Lima (foto) chegou ao honroso posto de 255º maior artilheiro de toda a história do São Paulo Futebol Clube: já são cinco gols (cinco gols!) em dez meses no elenco. No ranking, ele se igualou a nomes ilustres como Araken Patuska, Edcarlos, Éder Luís, Francisco Alex, Matosas, Mazinho Loiola, Neto (aquele mesmo, que hoje é comentarista), Ricardinho (outro ex-corintiano), Sarará e Válber, entre outros. Realmente, André Lima pode se felicitar por ter galgado tão disputado panteão! Um mito! Mas, falando especificamente sobre o São Paulo, que ainda não conseguiu confirmar a primeira posição de seu grupo na Libertadores, para ter vantagem na próxima fase, muitas dúvidas esquentam a cabeça de Muricy Ramalho. Wagner Diniz provou, no último jogo, que não tem condições de assumir a lateral-direita. Foi substituído pelo garoto Wellington, que não fez feio. O problema é que os dois volantes que vinham jogando improvisados na posição como titulares, Zé Luís e Arouca, estão machucados e não retornam tão cedo. Outra dor de cabeça: Renato Silva fez uma péssima partida na zaga e Rodrigo também não ajudou muito. Aislan é mediano, mas não serve para o time principal. Pior: além de suspenso da segunda partida semifinal do Paulista, por expulsão, André Dias se contudiu no mesmo dia que Rogério Ceni. E o meio-campo, tão ineficaz contra o Corinthians, é mais preocupação. Hernanes sumiu na semifinal, Jorge Wagner falhou duas vezes (no lance da expulsão de André Dias e do gol da vitória do Corinthians) e, contra o Independiente, Jean jogou muito mal, assim como as opções (?) Hugo e Richarlyson. No ataque, Borges perdeu um gol feito na cara de Felipe, no domingo, e Washington quase não pegou na bola. A coisa tá feia. Resta confiar em André Lima, este sim, um craque incontestável. Só o Muricy não vê...

5 comentários:

Glauco disse...

Pô, Marcão o glorioso Araken Patusca jogou em fim de carreira e pouco no São Paulo (atuou também no antecessor, o da Floresta). Nem de brincadeira estatística pode ser comparado com o André Lima.

Quanto ao Hernanes, ele não sumiu na semifinal, sumiu faz tempo. Coincidentemente, desde que começaram a fazer lobby para ele ir pra seleção, mesmo tendo uma atuação mediana nas Olimpíadas. Mas, como já falei, acho que a queda de rendimento dele tem mais relação com o posicionamento que o Muricy quer, como meia e não mais como segundo volante. Assim, ele fica mais marcado e eprde o fator surpresa pra realizar a jogada próximo da área.

olavo disse...

O Matosas chegou a fazer cinco gols pelo São Paulo? E esse Francisco Alex é aquele que veio da Ferroviária ano passado ou retrasado? Também foi às redes cinco vezes? Que surpresa...

Nicolau disse...

Dunga, bundão! André Lima é Seleção!

Anselmo disse...

tava pensando em André Lima no Timaõ.

mas que coisa: o são paulo jogou com os reservas e mandou avisar que a prioridade é o paulistão, e não a liderança na libertadores. que bom.

Luis Henrique disse...

Po, mas será que é tão ruim assim esse time? Ou todos os jogadores tem que jogar bem todas as partidas, se não não valem nada? Melhor esperar mais um pouco, ou ninguém lembra do ano passado?