Destaques

quarta-feira, março 18, 2009

Zona à vista

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

A CBF anunciou ontem mudanças para a Série C e a Série D de 2009. Em ambas, a mudança ocorreu no sistema de disputa, que prevê agora menos jogos e decisões mais rápidas.

Quando começaram as conversas sobre a Série D (lembrando que a "Quartona" será disputada pela primeira vez esse ano), o que se dizia é que ela teria uma disputa regionalizada e marcada por grupos pequenos e excesso de mata-matas, incorporando o que tradicionalmente ocorre na Série C; a Terceira Divisão, por sua vez, adotaria o sistema de pontos corridos aplicado nas Séries A e B.

Posteriormente, foi anunciado que a Série C teria dois grupos de 10. Agora, num conceito mais oficial, muda tudo: serão quatro grupos de cinco equipes, com os dois primeiros de cada chave avançando, e todo mundo fazendo intermináveis mata-matas até que sejam definidos o campeão e os quatro promovidos à Segunda Divisão.

O estranho desse formato é que ele ataca uma "seriedade" que a Série C parecia que alcançaria em 2009. Esperava-se um sistema organizado, com tabela definida, transmissão sólida pela TV e tudo o mais; agora, o que vem é um regulamento que faz com que uns times possam jogar oito jogos e, outros, entrarem em campo 14 vezes. Quase o dobro.

Mas ainda não falei, nesse post, da pior parte. Ou a CBF corrigirá o que falou ou a Quarta Divisão terá um regulamento bizarro. A entidade que organiza o futebol nacional divulgou que a Série D terá 10 grupos com quatro times cada. Eles jogam entre si e passam os dois melhores de cada chave. Até aí, OK. Depois, atentem para o que a própria CBF divulga em seu site: "seguem-se disputas eliminatórias (na sequência 20/10/8/4/2 clubes) até que se conheça o campeão. Os quatro clubes que ascenderão à Série C serão os semifinalistas da Série D".

Alguém aí pode me explicar como um mata-mata que envolve DEZ times pode classificar OITO equipes? Vão avançar os cinco vencedores e mais três "melhores perdedores"? Será relançado sistema bizarro que foi implantado na Copa São Paulo anos atrás, em que o melhor time derrotado na eliminatória se classificava - regulamento apelidado de "mata-mata com continue"? Ou apenas alguém responsável pelo texto no site da CBF fez lambança? Aguardemos.

Ah, os grupos da Série C serão os seguintes:

Grupo A
Rio Branco/AC
Sampaio Corrêa/MA
Luverdense/MT
Águia de Marabá/PA
Paysandu/PA

Grupo B
ASA/AL
CRB/AL
Confiança/SE
Icasa/CE
Salgueiro/PE

Grupo C
Gama/DF
América/MG
Mixto/MT
Ituiutaba/MG
Guaratinguetá/SP

Grupo D
Marília/SP
Marcílio Dias/SC
Criciúma/SC
Brasil/RS
Caxias/RS

7 comentários:

Glauco disse...

Esperar organização e rigidez da CBF é demais...

Anônimo disse...

Não entendi de onde você tirou 8 times. O regulamento fala que os quatro clubes que ascenderão à Série C serão os semifinalistas da Série D (4 melhores da D ==> C), assim como os quatro clubes que ascenderão à Série B serão os semifinalistas da Série C (4 da C ==> B). Qual é o problema? Como vc só criticou o esquema de classificação da classe D, imagino que tenha algum erro de interpretação, ou da minha parte ou da sua.

olavo disse...

Anônimo, o que estou falando é que o regulamento da D diz o seguinte: "disputas eliminatórias (na sequência 20/10/8/4/2 clubes) até que se conheça o campeão".

Ou seja: dos 20 times, sobrarão 10. Até aí, OK. Mas veja a etapa seguinte: dos 10, sobrarão 8. Como assim? Alguém entendeu? Eu não entendi!

Nicolau disse...

O queeu me pergunto é qual a vantagem de existir uma fase de uma competição para eliminar 2 times entre 10?

Fabricio disse...

"mata-mata com continue".

Fantástica. Do mesmo nível das tiradas fenomenais dos posts fatídicos do Marcão.

olavo disse...

Sou um cara justo e, portanto, não quero os méritos pelo "mata-mata com continue". Isso eu li no Orkut, e não sei mesmo quem foi o autor. Mas é sensacional.

Luis Henrique disse...

Vai ver o pior dos cinco jogos elimina os dois times...