Destaques

sexta-feira, março 20, 2009

Borges: entre os 40 maiores artilheiros do S.Paulo

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Com o golaço de perna esquerda que marcou contra o time uruguaio Defensor, na quarta-feira, o atacante Borges (à esquerda) chegou a 46 com a camisa do São Paulo, tornando-se o 37º maior artilheiro do clube, ao lado de Marcelinho Paraíba (à direita) e Pita. À sua frente, no ranking, estão apenas cinco jogadores em atividade: França, com 182 gols (4º colocado), Luís Fabiano, com 118 (11º), Dodô, com 94 (18º), Rogério Ceni, com 83 (22º) e Kaká, com 48 gols (36º). Borges já marcou sete vezes desde o início do ano. Se nessa temporada ele igualar os 26 marcados em 2008, chegará a 65 com a camisa tricolor (o mesmo tanto que Kléber Pereira já fez pelo Santos). Com isso, subiria para a 28ª posição na artilharia geral do clube, só um gol atrás de Zezinho (à esquerda), artilheiro do Campeonato Paulista de 1956. Desde Luís Fabiano, que deixou o São Paulo há cinco anos, ninguém mais alcançou ou ultrapassou a barreira dos 100 gols. E eu defendo que o França encerre a carreira no São Paulo e, quem sabe, chegue aos 200 gols. Aos 33 anos (mais novo que Washington e Kléber Pereira e pouco mais velho que Ronaldo Gordo), ele defende atualmente o clube japonês Kashiwa Reysol.

3 comentários:

olavo disse...

Parabéns ao Borges, um grande jogador.

Mas um comentário eu preciso fazer: se tem um momento em que mais tenho orgulho de torcer pro Santos é quando vejo essas listas de maiores artilheiros da história dos outros times. É impressionante como os números dos caras do Peixe são superiores.

Um dia fiz essa comparação; não lembro de cabeça, mas acho que o Coutinho (terceiro maior do Santos) seria o maior artilheiro de todos os outros 11 grandes clubes brasileiros, com exceção do Flamengo, onde Zico marcou mais.

Marcão disse...

Tem toda razão, Olavo. Veja a lista dos dez maiores artilheiros dos quatro "grandes" clubes paulistas:

CORINTHIANS
1º-Cláudio 305
2º-Baltazar 267
3º-Teleco 251
4º-Neco 235
5º-Marcelinho 206
6º-Servílio 201
7º-Luizinho 175
8º-Sócrates 172
9º-Flávio 170
10º-Paulo 146

PALMEIRAS
1º-Heitor 284
2º-César Maluco 180
3º-Ademir da Guia 153
4º-Lima 149
5º-Servílio 140
6º-Evair 127
7º-Rodrigues 125
8º-Luisinho 123
9º-Tupãzinho 122
10º-Echevarrieta 114

SANTOS
1º-Pelé 1091
2º-Pepe 405
3º-Coutinho 370
4º-Toninho Guerreiro 283
5º-Feitiço 216
6º-Dorval 198
7º-Edu 183
8º-Araken Patuska 177
9º-Pagão 159
10º-Tite 151

SÃO PAULO
1º-Serginho 243
2º-Gino 237
3º-Teixeirinha 183
4º-França 182
5º-Muller 161
6º-Leônidas 142
7º-Maurinho 135
8º-Raí 124
9º-Prado 122
10º-Luís Fabiano 119
Pedro Rocha 119

Luis Henrique disse...

Eu acho que o França já devia ter voltado... Mas o Santos destoa mesmo.