Destaques

quarta-feira, março 05, 2008

Projeto social tucano: Pedala, molecada!

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

Em vez de garantir transporte escolar seguro e eficiente onde ele ainda não existe, o (des)governador José Serra (PSDB) resolveu transferir a responsabilidade: está distribuindo bicicletas para que a molecada, literalmente, pedale! E pior, não está gastando nada, pois as bicicletas foram doadas por empresários que partilham da mesma mentalidade. Se não acreditam, podem ler abaixo trecho do email distribuído hoje para a imprensa. Pelo o que entendi, somando ida e volta, algumas crianças terão que pedalar mais de dez quilômetros por dia (fora o perigo da fragilidade de bicicletas contra veículos no caminho).

Amanhã, dia 6, a presidente do Fundo de Solidariedade e Desenvolvimento Social e Cultural do Estado de São Paulo, Monica Serra, participa da cerimônia de doação de 150 bicicletas em Redenção da Serra, no Vale do Paraíba. Os alunos do ensino fundamental que moram a uma distância superior a cinco quilômetros da Escola Estadual Coronel Queiroz vão ganhar bicicletas novas para facilitar o acesso à escola, diminuindo, assim, a evasão escolar. As doações fazem parte do projeto Pedalando e Aprendendo que, inicialmente, prevê a doação de bicicletas e capacetes aos 20 municípios mais pobres e de até cinco mil habitantes. Outro critério é a distribuição de bicicletas para alunos de 11 a 14 anos, cuja família tenha renda de um salário mínimo. As doações são feitas por empresários e parceiros do FUSSESP.

Pois é: pedalando e aprendendo...

5 comentários:

Marília disse...

é o governo do Estado "trabalhando" por você

Victor disse...

Se bem que seria uma boa para a cidade de São Paulo. Ninguém tirava mais carro de casa. Só na bicicleta...

Anselmo disse...

a bicicleta não é viável enquanto política pública para são paulo sem ciclovias em trajetos relevantes (não adianta ligar nada a coisa alguma como as que existiam na faria lima e pedroso de moraes). Mas quem pedala na capital sabe que precisa prestar atenção à qualidade do ar. Nos dias de inverno (principalmente) em que o ar está irrespirável, fazer atividade física intensa é terrível pro sistema cardio vascular.

Sobre as bicicletas pras crianças, Marcão, concordo com a necessidade de desconstrução do discurso de "combate à evasão escolar". O fato de ser doação e de ser 150 bicicletas dá idéia do conceito de política pública para a gestão (sem escala).

Não conheço redenção da serra, mas em áreas rurais, uma bicicleta prum guri é um meio de transporte sensacional. Aliás, em Ubatuba, o número de bicicletas aumentou nos últimos anos e se vê pedalantes no acostamento da BR101 no trecho entrepraias.

Em resumo, acho que 150 crianças vão ganhar um brinquedo novo. Dependendo da região, pode ajudar.

Mas não é política pública que se apresente.

Glauco disse...

Imagino que a segurança no trajeto das crianças deva ser exemplar, caso contrário seria uma temeridade dar os tais veículos. Mas fica a pergunta: não são os tucanos que são contra assistencialismo?

Marcão disse...

Que é isso, Glauco, não confunda alhos com bugalhos. Assistencialismo é o Bolsa Família...