Destaques

segunda-feira, julho 30, 2007

Lembo e as dondocas enfadadas de vidas enfadonhas

Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Facebook

O ex-governador de São Paulo Cláudio Lembo, conhecido como o comunista reacionário ou o conservador de ultra-esquerda, voltou à carga contra a elite branca, má e perversa.

Desta vez o alvo foram os manifestantes que, em São Paulo, lançaram a campanha cívica "Cansei" que nasce, segundo Lembo, "conduzido por figuras conhecidas que sempre possuíram e possuem uma visão elitista do país e da sociedade".

"'Cansei' é um termo muito usado por dondocas enfadadas em algum momento das vidas enfadonhas que vivem", disse Lembo a Bob Fernandes, do Terra Magazine. Colunista da revista eletrônica, o ex-reitor do Mackenzie lamentou o uso político de um movimento "natural", engendrado pelos familiares de vítimas do acidente da TAM. Pior é a finalidade política ser escondida, fazendo de conta que não mira nada nem ninguém, "o que não é bom".

A mobilização é qualificada pelo o aposentado político do DEM (ex-PFL) como "movimento de Campos do Jordão", já que alguns de seus expoentes – ele cita João Dória Jr. – "há pouco dedicava-se a um desfile de cãezinhos de madames em Campos do Jordão".

O "clima de colapso" nos serviços públicos, sempre segundo Lembo, é decorrência de uma "cópia servil do modelo norte-americano" sem raízes da sociedade nos últimos 20 anos, com aprofundamento nos últimos 10.

Para terminar, ele desceu o sarrafo nas agências e nas ONGs, por ineficiência e por serem apêndices do governo. Note-se que ele, que já esteve lá, falou do governo de modo geral.

A nota aqui não se compara à leitura na íntegra, sempre impagável.

5 comentários:

Olavo Soares disse...

Lembo é rei.

Anônimo disse...

A foto que está no Terra e que mostra uma bandeira do BR ao lado de uma do estado de SP dá bem a medida: ante-sala para um fascismo separatista

carmem disse...

se continuar assim vai ser o "meu candidato"!!!!!

Thalita disse...

da Monica Bergamo

APARTIDÁRIO

João Doria, que organizou eventos de arrecadação de dinheiro para a campanha presidencial de Geraldo Alckmin, em 2006, contra a reeleição do presidente Lula, nega que o "Cansei" seja contra o governo. Diz que o movimento é cívico, apartidário e sem viés político.

Nicolau disse...

Essa galera da classe média-alta não perde a mania de ser ridícula, impressionante...